HEAVY METAL Investidor: Hedge Investments: quando a eficiência e a transparência se juntam

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Hedge Investments: quando a eficiência e a transparência se juntam

 Caros amigos, o fundo imobiliário HFOF11 (HEDGE TOP FOFII 3 Fundo de Investimento Imobiliário) teve nova subscrição, com cotas regulares e cotas extras (ou sobras). O valor de subscrição é de 103,45 reais por cota.

 O prazo final para reserva das duas cotas será amanhã, dia 29/11/19 as 16:00h. A liquidação (pagar pelas cotas) será no dia 05/12/19, isso para as cotas de subscrição regulares (isto é, as que já temos direito, devido as cotas que já possuímos). Cronograma no site da XP Investimentos:


 As cotas extras, as que "sobrarem", o resultado da partilha será no dia 06/12/19 e a liquidação, no dia 09/12/19. Porém, quanto a esta última parte das informações eu estava em dúvida, não consta ainda no site da XP (que por sinal, está muito melhor com o upgrade). Como resolver tal dúvida? 

 Foi muito simples: eu liguei para o telefone (11-3124-4100) da Hedge Investments, fui muito bem atendido (como em outras ocasiões), mesmo sendo eu um ilustre desconhecido. Me deram a informação de imediato e inclusive, "qualquer dúvida, o senhor pode ligar quando quiser". 


 A Hedge Investments logo chamou minha atenção, quando percebi que seu corpo de sócios e gestores eram da antiga Hedging-Griffo (Luis Stuhlberger, Leo Figueiredo e Eduardo Brenner, André Freitas). A criação da nova empresa foi uma idéia em 2015 (até onde sei) do André Freitas, que ao sair da HG, levou com ele um grupo de dez pessoas para fundar a Hedge Investments.

 A mesma transparência ao dar informações por telefone a mim ou a qualquer um de vocês, encontramos no site da HI. Relatórios mensais, públicos, para informação dos cotistas e do mercado, estão disponíveis e atualizados no site.

  

 Rendimentos de HFOF11 desde 2018:

 

 Lembro de uma propaganda antiga da pomada Gelol: "não basta ser pai, tem que participar". A propaganda é muito legal, vale a pena assistir; a mensagem também. E o que isso tem a ver com FII, meu amigo HM? Tudo!!!

 Não basta apenas investir num Fundo Imobiliário, quero saber o caráter e a filosofia de quem faz a gestão do meu dinheiro! Quero sim, eficiência, mas é fundamental haver transparência e respeito com os cotistas minoritários. Temos que participar, não podemos de forma bovina aceitar amadores ou picaretas a frente dos mesmos. 

 Eu, pelo menos, penso assim, tanto que tenho cotas de 3 FII geridos pela HI (TFOF11, FOFT11 e HFOF11) e sigo tranquilo e confiante com meus investimentos nas mãos de pessoas com esta capacidade. Também penso o mesmo a respeito da gestão da Capitânia S/A (CPTS11B), da Iridium Gestão de Recursos LTDA (IRDM11) e demais gestores dos FII que tenho. Não confundam gestores com administradores. Nunca gostei do BTG Pactual, sempre achei que ignoram o cotista minoritário. 


 Portanto, atentos para os prazos citados a quem fez a subscrição de HFOF11. Bom resto de semana!



"Não basta ser pai, tem que participar"


12 comentários:

  1. Não conhecia essas empresas Hm, bom post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frugal, estão dando um banho de rendimento há muito tempo. Gestores ativos que batem o mercado, isso me interessa muito. E eles sabem o que fazem.

      Excluir
  2. Salve, Heavy Metal! Já saí de vários FIIs porque vi a administração fazendo merda. Atualmente, só sou cotista de três FIIs monoimóvel, o PQDP11, EDFO11B e CBOP11. Vou analisar mais profundamente estes fundos que você mencionou quando for aumentar meu investimento em FIIs.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Marcelo! O DNA da Hedge não precisa de apresentação, basta ver de onde vieram. A Capitânia é outra que vai comprando um imóvel (shoppings, por exemplo), subvalorizado, mês a mês. Uma hora, atinge um percentual “X” de cotas e leva o mesmo a venda, por um preço maior que o mercado está pagando nas cotas como FII; resultado: quem é cotista de CTPS11 lucra junto.

      Excluir
  3. Eu tenho um pé atrás com relação aos Fiis justamente pelos rolos, escândalos, ingerência, falta de transparência por parte de gestores, daí fico relutante em confiar meu dinheiro à eles.

    De qualquer modo, muito legal ler seu relato, HMI. Seguirei estudando até ter confiança em investir em FIIs.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia meus posts anteriores na aba de Fundos Imobiliários do blog, tem muita coisa legal.

      Excluir
  4. Heavy Metal, beleza?
    Já acompanho seu blog há alguns meses e tenho gostado muito. Obrigado por compartilhar sua trajetória, conhecimentos, leituras e estudos. Têm sido muito proveitosos e motivadores para mim.
    Quanto ao HFOF, foi meu primeiro fundo e gosto muito dele, pelos motivos que você já citou no post. Mas tenho visto o pessoal batendo muito na Hedge pelo caso do TBOF. Se não se importar, gostaria de saber qual a sua opinião sobre o caso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima pergunta. A postura da Hedge Investment no caso do TBOF11 só me fez ficar mais fã dos caras. Ele fizeram uma oferta com margem de segurança, obviamente para gerar lucros aos cotistas dos fundos da Hedge: ninguém oferece pagar mais se pode comprar mais barato, isso é lógica financeira. Resultado final: claro, teve gente que não gostou e aí apareceram ofertas melhores. A HI simplesmente saiu do negócio como compradora e agora é vendedora, com mais lucro na venda de TBOF11! Ela ganharia nas duas pontas, ganhou na venda. Eu achei isso espetacular e ela foi transparente durante todo o processo de oferta de compra pelo FII citado. Eu, cotista de HFOF11, TFOF11 e FOFT11, ganhei junto. Vou reclamar?

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk, tá certo. Valeu!

      Excluir
  5. Transparente durante todo o processo não foi mesmo, ouso discordar. Essa "transparência" só veio depois de muita pancada, inclusive de casas de análises como a Suno e a Impiricus (é, grande ***, podem dizer, mas no frigir dos ovos isso tem um peso grande, ainda mais considerando a mídia que esses caras possuem no youtube). Mas enfim, também gosto da HI, mas nesse caso específico ela precisou levar porrada primeiro...O que também é bom, afinal de contas, tira ela da zona de conforto e mostra que por mais q o mercado esteja autista ainda existem pessoas antenadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tumtum, eu também discordo de você. Bateram sem motivo, na minha opinião.
      Sigo e pago os posts do Desmistificando FII, e o Rodrigo em momento algum criticou a postura da Hedge - só pra você ter uma idéia. E ele é muito sério e rigoroso neste assunto de transparência em gestão, em momento algum criticou a HI e os argumentos que ele usou foram simples. No final, os cotistas ganharão do mesmo jeito. O risco agora, é depois de reclamarem tanto da Hedge, o JSRE11 não fechar a compra de TBOF11. Aí, eu quero ver...

      Excluir
  6. Hahaha, HM! Pior que tem esse risco mesmo. O JSRE11 está no meu radar há algum tempo; no entanto, diante desse imbróglio todo, vou observar mais um tempo antes de decidir se coloco no meu portifólio. Vamos ver!

    ResponderExcluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos! Comentários ofensivos não serão publicados. Aqui, compartilhamos uma jornada rumo à independência financeira.