sexta-feira, 24 de junho de 2016

O Jardineiro Fiel

 Estava aqui a pensar em quanto é tranqüilo saber que hoje posso morrer e, se minha esposa tiver bom senso (sempre teve, devo muito a ela no meu sucesso financeiro), continuará com muito dinheiro e dará um bom futuro aos nossos filhos.  

 Além do que temos hoje, mais 2 milhões de reais em seguro de vida serão deles. Admito que quando passei a receber renda passiva, correr menos riscos (lembrem-se, estou falando de MIM) e ser mais paciente, minha carteira engrenou a "jornada dos juros compostos" ou, da "bola de neve". 

 Lembrei de um filme chamado "O Jardineiro Fiel". A história não vem muito ao caso, mas o título tem uma mensagem que incorpora o que quero dizer neste texto. 

 Você é fiel aos seus investimentos e metas? Você se sente feliz ao poupar, sem com isso levar uma vida miserável e avarenta? Tem prazer quando chega o início do mês seguinte e vê as "flores" (juros) no seu jardim?

 Poupar não é colocar moedas num cofre de porquinho (se bem que isso é melhor que nada...). Poupar não é colocar dinheiro na poupança e perder para inflação. Poupar também não é levar um vida sovina. 





Poupar é a soma de saber poupar com o saber onde colocar seu dinheiro poupado, de forma a render acima da perda da inflação. 

 É como o jardineiro que cuida de suas plantas e flores, de forma que as mesmas cresçam da melhor maneira possível. Escolhe o terreno, sol, água, suportes ou não, tipo de planta, as sementes, a época de semear e podar... 

É trabalhoso, mas prazeroso. Acima  de tudo, você verá seu jardim vicejar e terá a felicidade de poder admirar tudo aquilo e depois dizer: fui eu que fiz!

 Exige tempo, paciência, trabalho, escolhas... Frustrações acontecerão ao longo do tempo. Plantas morrem, pragas aparecem, o clima pode não ajudar e ainda atrapalhar. Mas, o jardineiro fiel sabe que desistir não é uma opção.





 Se não tiver tempo ou habilidade para cuidar do seu jardim, sugiro que procure ajuda de alguém que o faça para você. Um jardim mal cuidado morre e pode não haver mais solução para o mesmo. Não corra riscos desnecessários e sempre aprenda com os erros dos outros - sai mais barato e prático! 

 Não plante aquilo que você não conhece, nem procure terrenos áridos ou além do risco que você aceita correr para ter ou cuidar do seu jardim. Equilibre as coisas e sinta-se confortável nesta jornada; acima de tudo, é fundamental que ele cresça e floresça. A beleza de suas plantas e flores mostra a saúde de sua obra de jardinagem. Seja fiel ao seu jardim e ele saberá lhe retornar com o esplendor da primavera. 






 "Time is money, and money needs time"











36 comentários:

  1. Todo jardim, por mais bonito que seja, precisa de cuidados permanentes.
    Bom fds!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita! A soma do tempo, trabalho e dedicação sempre vem.

      Excluir
  2. HM, estou acompanhando seu blog e comentários por aí e noto que você não é só um blogueiro escroto, mas um coroa sábio que fala coisas interessantes. Não é só o metal que nos une, procuro e sempre acho wisdom nos seus posts.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, não sei se vc me elogiou ou bateu... Rsssss
      Li seu texto e fiquei na dúvida. Ma acho que foi elogio!

      Excluir
    2. Você não é só mais um blogueiro escroto. Ficou dúbio mas foi elogio.
      Abraço

      Excluir
  3. Ola HM,

    Sao dois exemplos que gosto de usar ao falar de juros compostos, que sao a famosa bola de neve e tambem ser algo como uma planta, que voce poe a semente, espera pacientemente brotar da terra e vai vendo lentamente o crescimento, sempre cuidando, molhando, adubando e acompanhando se esta tudo bem.

    Voce conseguiu alem de uma IF deixar este legado e bens a sua familia, hoje a minha familia somos so eu e minha esposa, e tambem preocupo com isto, e quando vou viajar falo com ela como fazer se acontecer alguma coisa ruim (eu tenho um pouco de medo de aviao, mesmo sabendo que e bem seguro), e quero ter esta tranquilidade quando tiver meu primeiro herdeiro.

    Eu digo por experiencia propria: Invisto nas construcoes, e agora a quase 1 ano como investidor de renda variavel (nao mais especulador), ja vejo estes resultados e o que sao os juros compostos.

    Pode parecer pouco, mas saber que receberei 1200K dos alugueis dos FIIs, fruto de meus investimentos, e algo de muita satisfacao, e juntando com os demais rendimentos que meus investimentos me geram, me da a tranquilidade de saber que se eu perdesse meu emprego agora, eu nao precisaria correr atras de outro, nem estaria consumindo o patrimonio, pois a renda ja e maior da que eu preciso para viver da forma atual, que e boa, simples, mas boa.

    Penso que voce deve ter este mesmo sentimento, ainda mais morando no seu imovel desejado e tendo renda passiva e ainda trabalhando.

    Bacana esta sensacao de tranquilidade, nao troco por cobertura nem carro caro, enquanto nao atingir a IF ...

    Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enriquecer mais que uma opção, é um ESTILO DE VIDA. Depois que seu dinheiro trabalhar por você, você pode usufruir como quiser deste dinheiro. "Deixe seu ativo pagar seu passivo"- Pai Rico, Pai Pobre.
      Muitos querem ficar ricos, agindo como pobres e muitos vivem como pobres, mesmo sendo ricos: é preciso equilibrar as coisas!

      Excluir
    2. Você já leu este post do RI? Muito bom:

      http://corridadosratosafuga.blogspot.com.br/2016/06/dna-da-mente-rica-x-dna-da-mente-pobre.html


      O rico acredita que pode moldar o seu destino. O pobre acredita que o destino acontece.
      O rico assume o compromisso de ser rico. O pobre gostaria de ser rico.
      O rico entra no jogo do dinheiro pra ganhar. O pobre entra no jogo do dinheiro pra não perder.
      O rico usa juros a seu favor. O pobre usa juros contra ele mesmo, porque quer tudo pra agora.
      O rico admira pessoas ricas e as toma como exemplos. O pobre detesta pessoas ricas e as toma como exemplos de mau caráter.
      O rico se aproxima de indivíduos bem-sucedidos. O pobre prefere amigos que, como ele, passam dificuldades financeiras e são fracassados.
      O rico diz "como posso ter isso"? O pobre diz "não posso ter isso".
      O rico estuda investimentos e faz planos. O pobre diz que "não tem tempo para estas coisas".
      O rico é um ótimo recebedor. O pobre é um péssimo recebedor.
      O rico paga a si mesmo primeiro. O pobre paga aos outros primeiro.
      O rico prefere ser remunerado pelos resultados. O pobre prefere ser remunerado pelo tempo dispendido.
      O rico foca no patrimônio líquido. O pobre foca no rendimento mensal.
      O rico, quando sofre uma adversidade, se pergunta "como posso tirar proveito disso?". O pobre, na adversidade, se lamenta.
      O rico identifica os ricos pela sua educação financeira. O pobre identifica alguém como "rico" pelos bens materiais que exibe.
      O rico busca a prosperidade financeira. O pobre confunde essa busca do rico com falta de espiritualidade.
      O rico foca na solução. O pobre foca no problema.
      O rico, numa compra parcelada, calcula os juros embutidos e faz contas para decidir se a compra vale a pena. O pobre só observa o tamanho da parcela.
      O rico põe seu dinheiro para trabalhar duro para ele. O pobre trabalha duro pelo seu dinheiro.
      O rico administra bem o seu dinheiro. O pobre deixa a vida o levar.
      O rico tem uma visão realista dos investimentos. O pobre quando investe pensa apenas no curtíssimo prazo e espera lucros absurdos.
      O rico não despreza um rendimento passivo, mesmo que pequeno. O pobre diz "o que adianta botar o dinheiro na poupança se rende tão pouco?"
      O rico age apesar do medo. O pobre fica paralisado pelo medo.
      O rico foca em oportunidades. O pobre foca em benefícios.
      O rico pensa grande. O pobre pensa pequeno.
      Se o rico ganha um valor, em algum tempo o patrimônio terá aumentado. Se o pobre ganha um valor, em algum tempo o patrimônio terá desaparecido completamente.
      Se você tirar todo o dinheiro de um rico, depois de algum tempo ele estará recuperado. Se você tirar todo o dinheiro de um pobre, ele dependerá de outras pessoas para sobreviver.
      O rico diz "tenho que ser rico por causa de vocês, meus filhos". O pobre diz "não sou rico porque tenho filhos".
      O rico tem um plano de independência para o futuro. O pobre acha que trabalhar até morrer e depender do governo e dos filhos é um plano razoável.
      O rico diz "posso ter as duas coisas". O pobre diz "posso ter isso ou aquilo".
      O rico procura se aprimorar sempre. O pobre acredita que já sabe tudo.
      O rico diz "que lição posso aprender com este erro?". O pobre diz "desde o começo eu já sabia que não daria certo".
      O rico encara um fracasso como um aprendizado. O pobre encara um fracasso como um alerta para nunca mais se arriscar.
      O rico fica cada vez mais rico. O pobre fica cada vez mais pobre.


      Destaco:

      "O rico diz: tenho que ser rico por causa de vocês, meus filhos. O pobre diz: não sou rico porque tenho filhos.

      Com certeza, trabalho mais e ganho muito mais justamente por ter filhos. Estes itens acima deveriam virar um mantra ou um quadro numa parede de escritório.

      Excluir
    3. Concordo HM,

      E leio sempre o blog do Rato Investidor, que chegou por agora e já tem um espaço em nossos corações kkk.

      Pena que alguns outros blogs preguem o contrário: Não casar, se casar acabou. Não tenha filhos, se tiver acabou. Acredita que alguém que tenha este pensamento consiga chegar lá? Eu penso que não ...

      Mas, somos uma democracia ... Não concordo, mas não posso achar que só meu ponto de vista é o certo. Ou seja, respeito, mas não concordo.

      Abraço

      Excluir
    4. Eu acho que filhos são uma benção em nossas vidas. Vivo e morro por eles, me levam adiante, me fazem buscar mais e mais. Ser pai é uma aventura, onde os companheiros mirins serão futuramente nossos guias - não mais simples companheiros. Viajo o mundo com eles, tenho orgulho disso. Meus filhos me fizeram ser mais rico de vida e de dinheiro.

      Excluir
    5. Meus caros, vocês dois são sempre bem vindos naquele espaço. Sei que muita coisa que escrevo é algo repetido, algo já debatido na blogosfera, mas o entusiasmo de ver algo totalmente esclarecedor é tão grande, que dá vontade de ir para uma praça pública e começar a palestrar. kkkk

      Hoje conversando com meu sogro, começamos a conversar sobre crenças limitadoras, e experiências futuras, que acho que dei um nó na cabeça dele.

      Excluir
    6. Mais repetido que os bancos, dizendo pro cara investir na poupança e em Títulos de Capitalização? O que nós fazemos não é nada perto deles, que informam mal. Posts como o seu deveriam ser um mantra!

      Excluir
  4. belíssima postagem HM !!! Obrigado por compartilhar sua experiência !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei com medo do texto ter ficado ruim, te juro. Quase deletei meu post ontem. KKKKKK

      Excluir
    2. Que isto HM,

      Na verdade se você aceitar sugestões, eu faria esta mesmo: Escreva alguns posts com o que você esta pensando, ou sobre qualquer assunto que vier a mente.

      No último post, vi uma galera sofrendo pelo BREXIT no início do pregão.

      Parei um pouquinho e escrevi sobre.

      Este blog é quase uma terapia, gosto muito de gastar meu tempo lendo e escrevendo textos por aqui.

      Grande abraço

      Excluir
    3. BREXIT seja louvado, God Save the Queen and Up the Irons! A inglaterra se livrou dos chupa-cabras sociopatas da UE.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Saiu! Botei na tela e pronto. Que bom que você gostou.

      Excluir
  6. HM, Excelente texto, um dos melhores. Como disse o VDC acima, o comparar o dinheiro com a planta que vai crescendo com o tempo é uma coisa, mas o trabalho do jardineiro é algo muito mais complexo e exige conhecimento, planejamento e habilidade, além de paciência.
    Gostei muito. Esta frase foi matadora "Seja fiel ao seu jardim e ele saberá lhe retornar com o esplendor da primavera."
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Juro que achei que o texto seria meio chulé... KKKK, mas escrevi o que deu na cabeça.
      Fico feliz com o feedback de todos vcs, Brothers in Arms da IF.

      Excluir
  7. Ótimo texto, parabéns!! Mais uma citação sobre jardim " O gramado do vizinho é sempre mais verde" . De fato, se você não fizer por onde, trabalhar, investir...o do vizinho vai continuar sempre o melhor
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Muitos reclamam, mas nada fazem para mudar sua vida ou o país. Frugal Simple escreveu um texto sobre a Caverna de Platão, legal, que mostra muito disso. Reclamar é mais fácil que agir.

      Excluir
  8. Grande Heavy Metal. Havia visto o post mais cedo pelo celular, mas como eu estava fazendo um pequeno almoço de família aqui em casa, não tive como parar e dar a atenção a altura do post.


    Confesso que um dia serei tão bom jardineiro quanto você. Ainda estou na primeira etapa de tudo. Senhora RI e eu, estamos um pouco atrasados com relação alguns assuntos, por exemplo formação. Eu me formarei agora este ano (3 matérias restantes) e ela ano que vem se tudo correr como os conformes. Confesso que fico meio receoso ao falar de matrimonio na blogosfera de finanças, mas vamos falar a verdade, a galera que defende a vida de solteiro para "a vida toda" não tá pensando muito em continuidade (filhos,netos...). Tive meu tempo de "putaria" passou. Foi bom, algumas coisas não faria de novo se tive-se oportunidade e outras com toda certeza faria. Enfim, passou.

    Hoje eu quero ser o jardineiro da minha IF, da segurança da minha família, da minha segurança.

    Como você falou, sua esposa é responsável pelo seu sucesso também. A minha apesar de não ter embarcado em entender todo os processos, resolveu me ajudar de todas as formas. No mês que não pode aportar por conta de fluxo de caixa, ela me ajuda não retirando ou atrapalhando. Isso é muito bom e foi uma luta para conseguir estar nessa sintonia. Se você ler um pouco dos meus post's passados, eu estava quebrado e foi junto que conseguimos nos levantar. Tenho que integrar ela e mais "processos", deus me livre aí eu bato as botas, pelo menos ela não fica na M. E a vida segue...

    Uma coisa que ao ler alguns posts seus essa semana me chamou bastante atenção. Investir, ser frugal, mas sem ser avarento. Fiquei um pouco encucado, pois o meu estilo de vida hoje até por conta de algumas circunstâncias exige um esforço e atenção redobrada, a final o pouco que construí não quero perder, pelo contrario eu quero aumentar, ter novas possibilidades, olhar para traz e rir e vislumbrar um futuro cada vez melhor.

    Foi exatamente que hoje bem cedo, olhei para minha mulher e falei, já que nos privamos tanto na semana, trabalhamos tanto e poupamos tanto durante a semana, por que não fazemos um pequeno churrasco (5 pessoas) para nossa família ? E foi assim que passamos um dia agradável.

    A um tempo atrás talvez não me sentiria tão bem em gastar com carne, carvão, para os "outros" comerem. Mas hoje me sinto diferente, desde que eu não exponha a segurança da minha família e não atrapalhe nossos planos, eu faço, claro que moderadamente.

    Enfim, talvez seja uma sensação nova. Estou tentando ser comedido com relação a dinheiro, aportar ao máximo, mas tentarei não ser tio patinhas.


    Enfim, quero chegar aqui na sua página, daqui a 5, 10 anos e contemplar mais ainda sua prosperidade, e lhe falar que a semente que estou semeando hoje, também vingou.

    Forte abraço, espero que não tenha ficado sem pé nem cabeça, mas foi algo que estava a falar um tempo.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Um dos tópicos mais incríveis da blogsfera..... Até os comentários são bons..... Excelente.......

      Excluir
    3. MBF, seja bem vindo. A qualidade do blog é feita por quem frequenta. Obrigado pela visita.

      Excluir
  9. Falastes tudo!

    Parabens meu amigo, pelo texto, pelas respostas, pela defesa da família e pelas posições ético-políticas !

    👏👏👏

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GM, feliz de ver você por aqui. Falar em IF, investir, capitalismo, família e NÃO SER CONTA O PT, é CANALHICE. Estes FDP representam tudo aquilo que mais detesto no ser humano. Quem rouba dinheiro de velho aposentado, do SUS, das escolas, merece cadeira elétrica.

      Excluir
  10. É com muita felicidade que acabo de ler seu post. Não tem preço saber que ajudei alguém com aquilo que escrevi, de coração.

    Nunca seja avarento, leia o Homem Mais Rico da Babilônia e lá está - dê presentes a sua esposa, terás uma casa feliz e uma mulher feliz também. Se dê alguns presentes de vez em quando também. Os espartanos também descansavam...

    Eu posso comprar uma Mercedes de 400.000,00 reais amanhã se quiser, mas NÃO vou. Seguro absurdo, chamariz de ladrões, fofocas sobre como comprei o carro e um país onde as estradas são um lixo. Já acho caro ter uma Cherokee (usada, comprei com 6 mil Km), isso então acho estupidez. Mas saio 3x ao mês (as vezes, 4) para jantar onde quiser e mesmo assim não peço o vinho mais caro: peço o que eu acho melhor. Sempre olhe custo x benefício.

    Hoje o Brasil está na lama, mas minha maior preocupação sabe qual é? Se Dilma vai cair logo. Não é dinheiro! Também me preocupo se vou aportar 20 ou 40 mil reais na CHM.

    Veja bem: minha meta hoje é DERRUBAR O PT. Mas isso por que cuidei do meu jardim, mesmo tendo uma vez enchido ele de lagartas. Beber, cair e levantar! Como diz um blogueiro amigo nosso:

    "Não importa o quanto você bate, mas sim o quanto aguenta apanhar e continuar. O quanto pode suportar e seguir em frente. É assim que se ganha."

    Se eu estivesse apertado de grana, estaria preocupado em arrumar grana! E tenho um recado para você, frase de Arnold Schwarzenegger, que já notei que é ávido por informação sobre IF e sobre dinheiro:

    "O corpo vai onde a mente vai".

    Não é piada, nem auto-ajuda, nem mágica, nem sacanagem, nem macumba. É fato. Se você quer ser rico e batalhar por isso, você será. O universo conspira a favor de quem pensa, mentaliza, age e trabalha por um objetivo. Use as ferramentas certas, estude, poupe e mais fundamental e ter um estilo de vida que o leve ao sucesso.

    Quer um exemplo? Tenho um conhecido que tem BMW top, roupas caras, vive a gastar e viajar, parece ser rico mas deve até as cuecas no banco! E sei de outro cara empregado de uma empresa de Ferro e aço, cara de peão, carro simples, jeito simples que tem renda passiva de 20 mil reais por mês - fora a época da colheita do café na pequena fazenda dele. Ainda tem um salário de mais de 5 mil reais por mês. Não tem curso superior, só técnico. Mágica? Não. Ao logo dos seus 54 anos de vida ele soube SEMPRE gastar menos do que ganha e ainda assim viver feliz do seu jeito.

    A Ferrari que é o sonho de alguns, para outros é um sítio que ainda por cima pode gerar renda... Tempo, dedicação, poupar e aplicar nas coisas certas, viver de modo simples, buscar oportunidades = sucesso. Esqueci de dizer: o cara de curso técnico comprou um lote de um casal que se separou litigiosamente (pagou 6 mil, e vale 30 mil e eu sei onde é o diabo do lote...) e agora um empresa de Telefonia vai colocar uma antena lá, pagando a ele 5 mil reais de aluguel mensal. A "deusa da sorte" costuma sorrir aos que sabem cuidar do jardim de verdinhas - ainda tem isso, KKKKK

    Em 5 anos, tenho certeza que verei seu jardim suspenso da Babilônia vicejar. Seja um jardineiro fiel, o jardim irá lhe retribuir com certeza.

    ResponderExcluir
  11. HM excelente posts.... E excelentes comentários..... Parabéns por este grandioso post.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Raulzito,

      Prefiro ser essa metamorfose ambulante
      Eu prefiro ser esse investidor que não é ignorante
      Do que ter aquela velha opinião formada sobre fundos
      Do que ter aquela velha rejeição guardada sobre tudo

      Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes
      Eu vou aplicar, num fundo imobiliário itinerante
      Do que ter aquela velha aplicação de doido sujismundo
      Do que ter aquela velha indicação de aplicar em quase tudo!

      Em sua homenagem! Poesia e paródia também são arte! (não é só a galera da Rouanet que sabe fazer isso...)

      Excluir
  12. HM, muito legal o texto!

    Gosto bastante da forma como você encara suas finanças: apesar de saber que poupar é algo muito importante, você consegue manter um equilíbrio e não perder a cabeça nem se estressar pra poupar alguns centavos a mais.

    Com certeza um ótimo exemplo para todos que estão iniciando sua jornada no mundo dos investimentos.

    ResponderExcluir
  13. Livros são máquinas de transformar as pessoas e secundariamente, o mundo, em lugares melhores (ou piores). Se você ler "O Milionário Mora ao Lado, O Homem Mais Rico da Babilônia, a Mente Milionária, Pai Rico Pai Pobre, Pense e Enriqueça" e seguir o que lá está escrito, duvido que não tenha sucesso. DUVIDO.

    É escolher um caminho, traçar as metas, se dedicar, sonhar e esperar os frutos. Eu até hoje alcancei todas as metas financeiras que tracei, mesmo após perder muito em ações. Ficou o aprendizado: sempre fica. Sempre desconfie de quem diz que ficou milionário usando o poder da mente e conseguindo milagres, sem ter trabalhado pra cacete. Exceto, os que inventaram coisas revolucionárias e patentearam... mesmo assim, houve um caminho.

    A mente transforma em realidade aquilo que se almeja de verdade. Pergunte a um atleta campeão como se imaginava antes de vencer. Mas pergunte também sobre os treinos, lesões, sacrifícios e dedicação feitos na empreitada. "Sucesso é fruto de muita SORTE: quanto mais trabalho e estudo, mais SORTE eu tenho." (algum maluco escreveu isso. Senão, fui eu! KKKKK).

    ResponderExcluir
  14. HM, vc já escreveu a respeito do início da sua caminhada? Poderia falar um pouco como foi?

    Tr pergunto isso pq vemos aqui no blog vc com um patrimônio imenso. Resultado de mto trabalho e, não dá pra excluir ela, uma dose de sorte. Eu fico vendo o tanto de dígito na sua carteira e fico me imaginando um dia chegar nisso. Fico pensando em como eu faria pra sair dos meus 20k pra chegar numa soma considerável assim. Gostaria de saber como foi seu começo de jornada, independente de onde foi seu ponto de partida (se foi do "0", se tinha alguma coisa, se foi herança, se ganhou na mega sena, nada disso importa). O q importa é q vc saiu de uma casa "COMEÇO" e foi andando casinha por casinha no seu Jogo da Vida.

    ResponderExcluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos!

Comentários ofensivos ou comunistas / socialistas / petistas - entre outras merdas - não serão publicados.