quinta-feira, 7 de novembro de 2019

6 X 5 no STF contra a prisão em Segunda Instância: a Ditadura do Judiciário

 Boa noite. Sem nenhuma surpresa, a turma do "Supremo Tosqueiro Federal" (STF), aqueles pseudo-juízes e semi-advogados de togas caras, aqueles que não tem cargo algum eleito pelo voto popular, mas que legislam de acordo com o perfil do prisioneiro e roubam as funções do Congresso Nacional ao legislarem... Decidiram, hoje, os "ministros" por 6 votos a 5, que todo tipo de bandido tem direito a ficar livre e recorrer a uma terceira e quarta instância em liberdade (link: 6 x 5 – SUPREMO DERRUBA PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA).


 Nosso Congresso, sejamos honestos, é um lixo em sua grande maioria de representantes e em todos os partidos (exceto o partido NOVO, que tem sido coerente até aqui). Não tem moral e nem vontade de colocar freios no STF, ladrão das suas funções (dos políticos) e vive a bajular o mesmo STF, pois vários dos seus membros tem sérios processos judiciais. Uma mão lava a outra, as duas ferram o país juntas. 

 Repito que em nada me surpreendi, boa parte deles fez apenas seu papel de "militância", como tem sido feito há anos. Ministros do STF vivem no Olimpo, vivem em outra realidade. 

 Recebem o advogado da escumalha, "Kakay", de camiseta e bermuda nos seus corredores e salas. Mas... descem o esporro numa advogada, durante uma audiência, por "quebra da liturgia do cargo" ao se referir a alguns dos gárgulas lá presentes como "vocês". 




 Dias Toffoli, ex-advogado do PT por mais de 20 anos, reprovado duas vezes em concurso público para juiz estadual, recebia do escritório de sua esposa a quantia de 100.000,00 reais por mês, todos os meses, sendo ela dona de um importante escritório de advocacia em Brasília (link: A mesada (e o silêncio) de Dias Toffoli)





 Pergunto: onde está a "liturgia do cargo", senhor presidente do STF? Cadê a investigação para explicar a origem deste dinheiro? Lembrei! Quase prenderam os coitados dos funcionários da Receita Federal por estarem cumprindo sua função, inclusive por investigarem Gilmar Mendes. Quem não deve, não teme e nem abusa do poder para demitir funcionários que estavam somente fazendo seu devido trabalho. 

 No Brasil, o crime compensa. Somente aqui (ou em ditaduras de esquerda), um ministro do STF pode xingar o brilhante Sérgio Moro - um ex-juiz federal e atual (competente) ministro da Justiça, procuradores federais, juízes e promotores federais de "quadrilha, ordinários, patifes, bando, torturadores, corruptos", entre outras sandices, que somente um imbecil com a sua grosseria e falta de etiqueta falaria, mesmo sendo ministro "da mais alta corte do Brasil". Onde, neste comportamento repugnante, estaria a "liturgia do cargo" de Gilmar Mendes? O ministro sinistro arrota justiça, ética, "liturgia do cargo" e pratica o oposto.



 Quando um cara num cargo tão importante e de comportamento de tão baixo nível, abre a boca para se referir assim sobre pessoas que fizeram o trabalho espetacular da Lava Jato, que prendeu bandidos milionários do colarinho branco que quebraram o país e a Petrobrás e recuperando bilhões de reais desviados, ele deixou de ser ministro do STF e virou partidário de bandidos condenados e confessos - inclusive, condenados por ele mesmo. Vejam o nível do nosso STF, uma trupe de malabaristas das leis, que legislam sem ser políticos e mudam de opinião quando bem entendem ou, de acordo com os "embargos auriculares":


 Na grande maioria dos países, a prisão é realizada após a condenação em primeira instância. Alguns, após a condenação em segunda instância. Mas somente no Brasil, criminosos (geralmente bem ricos) podem recorrer em liberdade a uma terceira (STJ) e quarta instância (STF), por décadas até o processo prescrever como vimos nos processos de Jucá, Renan Calheiros, Sarney, etc... 

 Nosso sistema jurídico é uma privada, uma latrina. Só pobres ficarão presos no Brasil novamente: isso tinha acabado justamente pela brilhante atuação da Lava Jato, que prendeu os maiores barões do crime organizado em nosso país. Temos que voltar as ruas, ou seremos engolidos pelas hienas. Esta noite, o inferno dos demônios da esquerdalha está em festa. A Ditadura do Judiciário fode o país, enquanto ele está dormindo, anestesiado, deitado eternamente em berço esplêndido. 

Adendo, dia 09/11/19: STF mantém prisão de homem que furtou rádio de 70 reais. Os pobres que se lasquem, o STF é amigo dos ricos!



10 comentários:

  1. Olá, HM.

    O STF deveria ser extinto. Caso contrário sempre irá fazer merda.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CI, o atual STF a cada dia só mostra que não serve para nada. Soltaram Lula ontem, que roubou bilhões com sua gangue. Mas, olhe isso: STF mantém prisão de homem que furtou rádio de 70 reais
      https://www.oantagonista.com/brasil/stf-mantem-prisao-de-homem-que-furtou-radio-de-70-reais/

      Que porra de STF é esse? Como falei, só pobre voltou a ficar preso em Banânia.

      Excluir
  2. "Aos amigos: tudo, aos inimigos: a lei".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, caro anon. Viu isso?
      "STF mantém prisão de homem que furtou rádio de 70 reais"
      https://www.oantagonista.com/brasil/stf-mantem-prisao-de-homem-que-furtou-radio-de-70-reais/

      Excluir
  3. Lamentável meu caro HM. Também não me surpreendi mas confesso que ainda tinha um resquício de esperança.
    Levando em conta a possibilidade quase que “infinita” de recursos no Brasil e o prazo para de analisar e julgar cada um deles, já sabemos o que acontecerá com os presos da lava jato.
    Dureza...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Triste demais. É triste ver uma corte tão importante quanto o STF virar o que virou, tem zero de credibilidade popular.

      Excluir
  4. Novamente, quem tem dinheiro e divide com os “doutores”, não ficará preso. Depois reclamam da volta do AI-5. Estamos vivendo a ditadura do judicário.

    ResponderExcluir
  5. Quando finalmente eu estava esperançoso com o nosso país esses porcos imundos vestidos de toga surgem e liberam um dos maiores larápios de nossa história.

    ResponderExcluir
  6. É meu caro, creio que o problema do Brasil seja espiritual, desde o início da nossa colonização, vou tomar como base o ano de 1.500, independentemente de já existirem rotas de negociação por aqui, vou usar o ano de 1.500 como recorte metodológico, pois é essa a data que "oficialmente" o Brasil se apresentou para o mundo.
    Digo que o problema é espiritual pelo fato de que no início enviavam para cá pessoas inaptas para o convívio civilizado em outras localidades, ou seja, enviaram para cá pessoas consideradas criminosas para o Estado, sem contar as garotas de programa, não é crime, mas energeticamente falando, é questionável, também foram enviados aproveitadores, pessoas que queriam lucro fácil e pessoas que se aproveitavam de seus semelhantes e as mantinham ou como escravas, no caso dos negros, depois teve a questão dos colonos europeus e asiáticos, estes eram mantidos nas fazendas e no início trabalhavam a troco do pagamento da estadia, mas não era escravidão, enfim, não vou entrar no mérito da discussão, sem contar o paganismo dos nativos.
    As baixas vibrações dificultam o avanço e a prosperidade, sem contar que mantêm os seres presos a estagnação, vivendo num loop infinito de conflitos quase que insolúveis, como no início predominava a energia negativa, para que as energias positivas penetrem vai um longo tempo e talvez o tempo não seja suficiente para melhorar.
    Ou seja, no nível espiritual e energético, as baixas vibrações dos colonizadores das terras brasileiras contribuiu para a formação de uma egrégora negativa, sei que muitos falam que é balela, mas observando o Brasil e suas riquezas, e o fato de sempre sabotarem o voo da galinha tupiniquim, a aboradagem energética e espiritual é de grande valia, pena que o politicamente correto vai considerar tal fato como pejorativo, entretanto, a realidade da formação do Brasil é essa, e o espiritual influi no material.
    Em síntese é isso, deixo o meu comentário para a sua reflexão pessoal, não precisa aprovar o meu comentário, apenas queria deixar um outro olhar para os desmandos que ocorrem por aqui e o aparente transe de todos.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos! Comentários ofensivos não serão publicados. Aqui, compartilhamos uma jornada rumo à independência financeira. Petistas, socialistas, corruptos, bolivarianistas, marxistas e demais bandidos: vocês NÃO são bem vindos. Procurem primeiro um emprego lícito.