quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Estatísticas da CHM de 2017 até a presente data: site da XP inova e ficou ótimo!

 Post curto, apenas para mostrar uns dados legais que agora aparecem no site da XP Investimentos, onde tenho conta há mais de 9 anos e nada tenho a reclamar. Aliás, só tenho elogios a fazer. 

 A nova modelagem do site (que também permite usar a anterior e eu as vezes uso, rssssss) mostra dados muitos legais da carteira de investimentos do cliente. Seguem os prints:




 Baseado apenas nos dados da XP, estou batendo a Renda Fixa há 3 anos, com folga (153,05% de média) e lembrando que estes dados não incluem os proventos dos meus empréstimos (só este ano, receberei 114.000,00 reais que acabam sendo calculados como "aporte" pelo site da XP, não como proventos). Com eles, a rentabilidade seria maior ainda. 

 A carteira rendeu 986.449,19 reais em 3 anos, uma média de 328.816,39 reais por ano e creio que este ano bati o recorde de rendimentos, mesmo sem considerar os juros dos empréstimos supracitados (ainda a confirmar). Somando os juros da RF, sei que passo dos 1.100.000,00 reais em 3 anos, mas o certo é voltar a fazer o cálculo via sistema de cotas. 

 Fico feliz de ver a bola de neve "engordecendo", KKKKKK. Saúde a (quase) todos, dinheiro aos capitalistas e rumo aos 6 milhões.



12 comentários:

  1. Olá, HM.

    Que gráfico bonito de se ver.

    Parabéns!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CI, achei o resultado muito bom para quem não investiu em ações neste período.

      Excluir
  2. Ao infinito... E além.

    ResponderExcluir
  3. Por que o rendimento em 2018 foi discretamente acima do cdi? Sera que os fundos multimercados puxaram o rendimento global da carteira para baixo? Ja em 2019 esta com rendimento ótimo. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. A39, eu identifico alguns fatores:

    1- Minhas Previdências eram 100% em RF em 2018, migrei tudo para FMM no começo de 2019 e fui muito feliz nesta estratégia. Vi agora nos arquivos do Blog, as PP eram 24,6% da minha carteira.
    2- Os FMM foram muito mal em 2018, isso é fato e eles eram 29% da minha carteira em DEZ/2018. Em 2019, indo bem como você falou.
    3- 2018 eu não fiz o que fiz em 2019: da minha maneira, fiz gestão ativa na carteira. Ora liquidando FMM, ora comprando FII, ora vendendo FII, ora mudando os FMM nas Previdências, ora aportando mais num FII específico via subscrição de novas cotas ou não (JSRE11, por exemplo, eu não subscrevi nem MFII11 por achar que não valeria a pena).

    Já decidi que vou comprar ações e tenho 5 na mira já. Estou a espera de um recuo do IBOV abaixo dos 100K ou perto dos 90k e que sei que pode não vir... Mas, prefiro ter paciência. As vezes, não fazer nada é uma ótima estratégia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá heavy, poderia dizer que 5 ações são? Qual é a sua abordagem para ações?
      Recomendo olhar mypk3.
      Abs,

      Excluir
    2. Olá, Anon. Se possível, mesmo como anônimo poste seu primeiro nome no final.
      Eu vou de bancos, energia, holdings, seguradoras e talvez Petrobrás (fazendo venda coberta de opções). Penso em ITSA4, PETR4, BBSE3, BBDC3. PRIO3 me arrependo amargamente de não ter escutado um amigo meu e comprado lá atrás. Outras possíveis 5 ações, seriam: RADL3, TRPL4, BEES3, TAEE11 e CIEL3 apostando numa reviravolta.

      Excluir
  5. Olá heavy,
    Parabens pelos resultados.
    O rendimento de out19 inclue aporte?
    Mar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Mar! O site da XP automaticamente exclui os aportes. Então, é líquido.

    ResponderExcluir
  7. Rendimento chocante! Preciso me aplicar mais nos estudos.
    A xp oferece todas essas estatisticas só para padrao 'private', certo?
    Mar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que não, é no site deles comum. Eu nem uso nada de especial lá, kkkkk. O site foi atualizado há poucas semanas e podemos escolher num "botão"no alto da tela entre o site antigo e o atual. TMJ!

      Excluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos! Comentários ofensivos não serão publicados. Aqui, compartilhamos uma jornada rumo à independência financeira.