quinta-feira, 8 de agosto de 2019

O aquecimento global é uma fraude (e das maiores!)

 Quem não ouviu falar do "aquecimento global", espalhado aos quatro cantos do mundo pela turma xiita verde nóia? Quem não ouviu ou viu o "filme" de Al Gore e sua máquina de ganhar dinheiro (enquanto tira dos outros... à sua maneira), "Uma verdade inconveniente"? Mas... vocês sabem da existência de um movimento contrário, contra toda essa bandeira esquerdista disfarçada de defesa do meio ambiente?

 Sempre achei isso uma farsa, agora ela vem caindo por terra diante dos olhos de quem quiser enxergar a verdade. Segue mais um excelente artigo publicado neste link, do site "Mises Brasil" (autor: David Deming), com uma bela aula sobre o assunto. 

 



 Meses atrás, vi duas notícias que me chamaram a atenção. Numa, tubarões morreram congelados (não riam, isso mesmo...) no MAR (Tubarões morrem congelados em praia de Massachusetts, nos Estados Unidos):



 Em outra também interessante, os pinguins morreram devido ao "excesso de gelo" na Antártica ('Excesso' de gelo causa morte de milhares de pinguins na Antártica):


 Mas, se o planeta está aquecendo tanto assim, como estão morrendo tubarões e pinguins devido ao "excesso de frio"? Logo, logo, os terroristas fundamentalistas ambientais de plantão (sim!, estão sempre alertas para quem ouse desmascarar sua farsa e acabar com a fonte de grana fácil), baseados em pseudo-ciência, arrumam uma desculpa... "é justamente devido ao aquecimento global que isso ocorreu: o desequilíbrio do clima leva a estes extremos!!!". 

 É ridículo esse tipo de desculpa, que movimenta bilhões mundo afora nas mãos de palestrantes "ilustres" e de ONGs especializadas em fazer barulho e desviar dinheiro dos bobos. Aliás, raros são ambientalistas sérios e sem bandeira ideológico-partidária nas suas falas e idéias. Nosso planeta, tem 4,6 bilhões de anos (que seja metade disso...) e querem decidir numa janela de tempo de 100 anos / 4,6 Bilhões de anos = 0,0000000217391304347% todo o futuro do planeta!

 Achei este vídeo no Youtube, pesquisando com duas palavras: "farsa do". Logo, apareceram no topo das opções de pesquisa as palavras "farsa do aquecimento global". Segue o vídeo:



 Vale a pena assistir, o entrevistado é climatologista (Ricardo Velício) e deu uma bela surra nas teorias do aquecimento global e do efeito estufa. Que maravilha ouvir os argumentos e informações trazidas pelo Ricardo, nada de "achismo" ou "terrorismo", usando da inocência e desinformação alheia. Aprendam que o gelo tem CICLOS naturais de derretimento e congelamento, parem de se assustar com vídeos de "calotas polares derretendo": a apelação é linda, mostram também ursos polares fugindo com seus filhotes no meio da filmagem... Usam o medo, como sempre fizeram, para tomar tempo e dinheiro dos outros. 

 O medo é a arma mais antiga usada para enganar, seja individualmente ou coletivamente, como também a ganância. E a mentira, através do seu uso repetitivo em forma de medo, catástrofe, morte, final dos tempos, apocalipse, tem um efeito devastador no imaginário público e na força que ganha como tese inquestionável. Gera uma cegueira mundial, escondendo interesses de algumas grandes empresas e de alguns países. Al Gore ou Barack Obama como garotos propaganda, pedida certa dessa turma. 

 Geralmente, nenhum político ou cientista ousa se manifestar contra uma (falsa) "verdade absoluta", sequer questionam ou procuram saber se há subsídio nesta farsa e passam a fazer coro (sim, para ganhar votos dos retardados da massa de manobra) com os demais. Ainda bem que existem pessoas com coragem, noção e conhecimento para gritar "o rei está nú!" (link: O rei está nú!), sejam pessoas como um político ou um climatologista honesto. Cabe a todos nós a busca da informação real, com base em ciência, pois aceitar os mantras que andam pelo mundo é muito fácil - mas, perigoso e errado. Questionar sempre.

 Termino com um filme completo, de 2007, de Martin Durkin, "The Great Global Warming Swindle" (traduzindo, "a grande fraude do aquecimento global"). Imperdível. A verdade liberta aos que estão aptos a aceitá-la. Eu já acreditei em toda essa tranqueira de aquecimento global e efeito estufa. Afinal, ensinam nas escolas... kkkkkkk, fora o massacre diário da mídia mundial desonesta sobre o assunto.



 Em tempo: nada do que escrevi acima, significa que sou a favor do desmatamento sem controle ou não apoio o combate a poluição (isso sim, uma desgraça e tem meios de se combater, começando com nossa maneira de tratar o ambiente em que vivemos). Mas nunca apoiarei bandeiras ideológicas e financeiras, travestidas de boas intenções com o planeta Terra - e sem cunho científico respeitável. 

 O mundo não vai acabar, os oceanos não vão subir, o gelo não vai desaparecer. Ciclos são ciclos, independente de nossa opinião. A rãzinha vermelha de 5 pernas e 4 olhos do sertão, não vai desaparecer tão cedo.

66 comentários:

  1. Sempre digo para esse ecochatos que se o homem estivesse vivo na era do gelo com certeza seria apontado como o culpado por todo aquele gelo. E, obviamente, pelo seu degelo depois. kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. "Gosto muito dos "defensores do planeta" que "ensinam" sobre o "aquecimento" global, mas que não largam os seus veículos movidos a combustíveis fósseis, não deixam de comprar os seus produtos das grandes redes e que promovem o boicote contra os que pensam diferente."

    Obs. o meu texto está entre aspas, entendedores, entenderão.

    Me divirto muito com os melancias (verde por fora e vermelho por dentro).

    Anon que comenta quando quer.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post!

    O pior que agora eles estão mudando o discurso e falando que são mudanças 'climáticas'.

    Um pouco mais sobre o assunto: https://www.youtube.com/watch?v=gxp9OCQc25A

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto junto, os maconheiros melancia estão putinhos com meu post, mas basta filtrar o lixo. Não darei voz aos imbecis.

      Excluir
  4. Cara, até sempre aceitei ficar lendo as ladainhas de antiesquerda que vc posta, afinal criticar o PT eu tb sempre fiz na época, dá pra ficar muito tempo falando das besteiras, e o Bolsonaro também segue gerando material pra se criticar.

    Mas começar com teorias da conspiração de fatos científicos, daí é difícil. Talvez essa reportagem aqui te mostre bem o contra argumento de cada um desses pontos, que no final da década passada quiseram levantar essa bandeira:
    https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2017/04/24/quatro-alegacoes-falsas-de-ceticos-do-clima.htm
    E mais gráficos com dados, esse mostrando um bom intervalo de anos pra entender que o ciclo dessa vez é diferente:
    https://www.bbc.com/portuguese/geral-46424720
    E dá pra postar um monte de material.

    O mundo não vai acabar mas nesse ritmo pode ficar bem difícil, a começar por um impacto na agricultura que já vem começado (e agricultura é a base do nosso país).

    O único ponto que posso concordar com vc é que certos assuntos rendem muito a palestrantes famosos, mas ir contra evidência científica de milhares de fontes diferentes é complicado. Esse professor mesmo da USP é alguém que ganha de palestrinhas e fama tentando discordar do aquecimento, tanto é que o Lattes dele é uma piada, péssimo pesquisador (e fica se vitimizando falando que por conta do posicionamento dele é que ele não tem boas publicações, quando na realidade ele não consegue provar o que "pesquisa")

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefiro o que eu li, prefiro a Matematica, e prefiro tudo que não venha com a cara dos eco chatos.
      Al Gore ganhou milhões com seu mimimi cinematográfico, você por acaso citou isso em seu texto? Assistiu o filme de uma hora e uns 12 minutos no final do post? Não, pois não te interessa, não é mesmo? Você falou em agricultura, e qual é o problema na nossa agricultura? Somos um bando de macacos morando aqui a 5 dias e queremos definir o futuro do planeta em 6 meses. Fique com sua teoria melancia, eu fico com meu V6 a gasolina queimando combustível com força. Me preocupo mais com o lixo plástico do que com mimimi dos peixinhos azuis da Antuérpia. Procure o blog da turma do partido Verde, você está perdendo seu tempo aqui.

      Excluir
    2. Anônimo, você também falou, falou e não falou nada. Lathes? Só presta opinião de quem tem currículo bom lá? Tá de brincaixon! Essa rapaziada do paz e amor, sexo, sapos e drogas vive no mundo da Lua, mas na hora de arrumar verba pra ONGs, tem toda “ciência” na ponta da língua. Quando é pra provar que drogas lesam o cérebro e aumentam a criminalidade, tem sempre um cientista deles de plantão dizendo que isso é mentira... Mas o clima, uuuuuuuuuuuú! “vamos todos morrer no mármore do inferno!” Como postou o Heavy Metal, sou também “mais Mises, menos Marx, menos ambientalistas de mentirinha”. Vi o filme no final do post, eu não conhecia e achei ótimo! Valeu pelo vídeo.

      Excluir
  5. O problema nao e um aquecimento global e sim uma mudança no clima, essas mudanças sao em partes naturais e em partes aceleradas pelo ser humano, essa mudança global do clima acredito ser verdade, porem isso nao significa que so vai ficar quente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos ciclos de calor e frio, quem manda no clima são os oceanos. Moramos num lugar (Terra) há menos de 0,00004% do tempo que o planeta existe. Sinceramente, não vimos nada do que é o clima aqui.
      Farsa das grossas, a mim não convencem.

      Excluir
  6. Esse foi um dos posts mais absurdos e anti-ciência que eu já li.

    Você simplesmente fez um CHERRY PICKING dos POUCOS artigos/pesquisadores que questionam o aquecimento global, e ignorou a MACIÇA quantidade de informações/artigos/pesquisadores que dizem o contrário.

    Nessa linha de pensamento "científico" você consegue provar tudo: terra plana, negar a evolução, "provar" o criacionismo, relacionar vacinas com autismo... tem sempre um IDIOTA que acredita nessas teorias, umas mais ou menos absurdas, mas todas absurdas.

    Sabe qual é o percentual de "consenso científico" referente a aqueecimento global influenciado pelo homem? 97%
    Ou seja, 97% das PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS publicadas chegaram nessa correlação causa-efeito:

    "Scientists need to back up their opinions with research and data that survive the peer-review process. A Skeptical Science peer-reviewed survey of all (over 12,000) peer-reviewed abstracts on the subject 'global climate change' and 'global warming' published between 1991 and 2011 (Cook et al. 2013) found that over 97% of the papers taking a position on the subject agreed with the consensus position that humans are causing global warming. In a second phase of the project, the scientist authors were emailed and rated over 2,000 of their own papers. Once again, over 97% of the papers taking a position on the cause of global warming agreed that humans are causing it."

    https://skepticalscience.com/global-warming-scientific-consensus-intermediate.htm


    Lista de instituições que correlacionam o aumento global da temperatura às atividades humanas:

    American Association for the Advancement of Science
    NASA
    American Chemical Society
    American Medical Association
    American Meteorological Society
    U.S. National Academy of Sciences
    Intergovernmental Panel on Climate Change
    National Academy of Sciences, United States of America
    Society of Biology (UK)

    Aqui neste link tem mais de 200:
    https://climate.nasa.gov/scientific-consensus/

    Aliás, sugiro ver esse site como um todo, cheio de informação:
    https://climate.nasa.gov/evidence/



    Você pode escolher acreditar nos 3%, bem como ser contrário a mais de 200 instituições de pesquisa que afirmam justamente o contrário, acreditando numa teoria da conspiração globalista, illuminati esquerdista gayzista. É tua opinião. Mas é desse obscurantismo que surgem os fanáticos, os terraplanistas, os curandeiros...

    Você, como médico, deve torcer o nariz para as "cirurgias" que o João de Deus fazia. Ou para curandeiros e afins.

    Isso não impede de centenas de pessoas acreditarem. Mas centenas de pessoas idiotas não validam uma teoria.

    Viva Carl Sagan!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belo texto... para um idiota. Carl Sagan? Você deve estar de sacanagem. Não misture as coisas. Gritar que os outros são idiotas, não o transforma num sábio, sendo um idiota!

      Quem começa texto ofendendo os outros, como se isso desse mais “valia” aos seus argumentos, mostra apenas o asno que é. Use argumentos, coisa que você não fez. Não os tem.

      Seu texto tem TODAS as palavras usadas pelos esquerdopatas. Sua doença tem nome e ficou evidente, não vai ser discutindo comigo que vai resolver seu problema. Gayzismo? Iluminati? Terraplanismo? Onde falei isso? Se você tem algo contra gays, problema seu, eu respeito a opção sexual dos outros. Seu texto é, em resumo: chulo, porco, sem nexo, cheio de dados aleatórios fáceis de “jogar” em qualquer debate, sem argumentos e no final grita “viva Carl Sagan”, como se por acaso você tivesse toda a razão do mundo e o Carl Sagan em pessoa te daria as bênçãos. Realmente, a missão de lutar contra os chucros não é moleza, mas isso não me incomoda. Fique tranquilo, não faltará capim pra você, comer, a Terra não será destruída tão cedo - nem por gente como você.

      Excluir
    2. Clap,clap,clap! Só vale tiro de 12? Rsssssss, belo post, bela resposta, Tchurminha vermelha e verde logo aparece para mostrar a ferradura, imagino os posts que você não publica. Começar debate xingando e imputando palavras e afirmações que o outro não disse, se chama canalhice. A cara da esquerda, sem tirar uma vírgula. Ainda bem que você já é vacinado contra essa escumalha, HM, desiste não! Lista de quem apoia os xiitas melancia: PT, PV, PSOL, Partido Democrata americano (o PT de lá), REDE... Gostei do filme no fim do post, coloca a gente pra pensar realmente em toda esta campanha midiática antiga. Pau nos petebas!

      Excluir
    3. Viva HM!!! A patotinha vermelha pira o cabeçote com você, rssssssssssss. Turma de alienados, como você bem disse: moramos aqui um pentelhésimo de séculos, mas sabemos como era o clima desde o dia "1" e como será daqui a 50 anos. Adivinhões, profissão dos picaretas e idolatrada pelos apedeutas.
      Centenas de pessoas idiotas não validam uma teoria: mas a replicam eternamente, assim é exatamente o mundo dos idiotas.
      Abraço fraterno,
      Alessandro

      Excluir
    4. Fiz um post relativamente grande hoje de manhã, pedindo desculpas inclusive, e expondo alguns pontos.
      Sério que você bloqueia por que é contrário ao que vc pensa?

      Excluir

    5. Rodapé do blog: comentários ofensivos não serão publicados. Você teve sua chance, OK? Já sei sua opinião, que é sua. Um abraço, cuidado com o oceano que vai engolir a terra e o aquecimento global. Use camisetas e sempre ande com uma bóia, beba bastante água e sugiro pés de pato e filtro solar de origem orgânica. Tenha uma casa nas montanhas e pare de usar carro, andar só de bicicleta. Seja vegano, só coma comida sem agrotóxicos, carne nem pensar! Adube suas plantas com aquilo que você costumava dar descarga, pare de desperdiçar!
      Te desejo muita saúde até o fim do mundo. E o blog ainda é meu, publico aquilo que vale a pena (às vezes, nem tanto). Vendo por 1 milhão de reais, aí você pode publicar o que quiser.

      Excluir
    6. KKKKKKKKKK, heavy metal... você é um comédia! Gostei das dicas que deu pro "Seu Jorge". Te pago 10 reais pelo Blog! Continue postando, brother, danem-se os zé ruelas! Aço!

      Excluir
    7. Caro Anon,
      Melhore a oferta e o Blog é seu. 100 reais?

      Excluir
  7. Permita me discordar HM, mas aqui também há um discurso ideológico cretino, a mesma que afirma que a terra é plana! São cientistas que se posicionam de um lado ou de outro, sem muito compromisso com a verdade. A Química e a Física é bastante clara ao demostrar que a queima de hidrocarbonetos (combustíveis fósseis, carvão, lixo doméstico, etc) leva ao aumento local de concentração de CO2 na atmosfera, o que impede a reflexão dos raios solares, refletidos na superfície da terra, de retornarem ao espaço, surgindo assim ilhas de calor local. Voce não concorda com essa idéia tão amplamente aceita na comunidade científica? Pode provar que estão errados? Essas ilhas de calor estão afetando a temperatura média da terra como um todo? Sem dúvida que sim, basta observar: Eu e vc, que somos do Rio de Janeiro, sabemos que tem dias muito nublados, e principalmente no verão, onde a temperatura fica insuportável, parecendo um verdadeira sauna isso aqui e se vc tem parentes que moravam aqui nos anos 40, 50 e 60, pode perguntar e a maioria vai te dizer que nunca foi tão quente como nos dias de hoje. Por que será hein? A temperatura média da terra não muda assim tão drasticamente, são necessários milhares de anos.

    Obs: sou de direita, mas tem certas "verdades" que não me convencem por falta de metodologia científica, e a ciência não escolhe o que é de direita ou de esquerda, ela escolhe a verdade, doa quem doer.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hank, dizer que a Terra é plana é piada, ou coisa de gente estúpida. A ciência prova o contrário, sem nenhuma dificuldade. Mas quanto a aquecimento global, compadre, você está comparando laranja com banana. Um vulcão joga muito mais fuligem na atmosfera e CO2 do que um continente. Não sou eu que digo, leia aqui:
      https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/09/um-vulcao-na-islandia-poluiu-tres-vezes-mais-que-europa-inteira.html

      Não se trata de direita ou esquerda, mas a turma que lucra com a ecochatice é toda da esquerda. Por que será? Por que o PV é todo esquerda? Coincidência? Não acredito, pois é um fato. Marina Silva ecochata = esquerda. Só tem melancia nesse grupinho dos salvadores dos urubus de cabeça branca.

      Cada um acredita no que quiser, eu já acreditei nessa conversa de aquecimento global e efeito estufa, não acredito mais. Meus parentes não confirmaram sua teoria, sinto te informar. Me preocupo muito mais com a atividade dos vulcões que podem vir a bombar na face da terra (quem pode dizer que nunca isso irá acontecer?) do que com o mimimi do CO2 complicando todo planeta. Óbvio: numa cidade, a poluição ferra o cidadão com mais carros circulando, mas mudar o clima mundial, é muito pra minha cabeça. Boa parte do planeta terra não tem carros circulando, chutaria que 85%, pois só de água temos 3/4 de oceanos.

      Não acreditar em mudança climática global não me faz ser fã de destruir florestas, ou que eu seja contra o uso de energia renovável e limpa. Fumaça não presta, nem de cigarro e nem de carro, que venham os carros elétricos. Do jeito que se fala, parece filme estilo Blade Runner, com todo o planeta contaminado por radioatividade... É muito apocalipse pra pouca banda Calypso.

      E por falar nisso, discutem esse ti-ti-ti de clima e não vejo preocupação do mundo com iranianos e norte coreanos malucos desenvolvendo bombas nucelares. Isso sim, pode destruir a humanidade, pois o planeta seguirá cuspindo lava vulcânica e fuligem, com seus ciclos de ondas de calor e frio (como ocorre há um tempo que nós não temos a mínima noção).

      Post educado, resposta educada. Se eu acreditasse no contrário, o post seria “estamos fudidos, o mundo vai acabar”. E por sinal, aqui onde estou está fazendo frio há um mês!!!! Kkkkkkkk

      Excluir
    2. “Muito apocalipse pra pouca banda Calypso”, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Rindo aqui até chorar depois dessa, melhor do ano até agora. Também não acredito nessa conversa fiada de aquecimento global. Agora, comparar terraplanistas com quem não acredita em aquecimento global, isso sim é jogo sujo. Para invalidar uma tese, usam outra já cientificamente comprovada e assim, a segunda tese automaticamente seria verídica também e infeliz de quem ousar discordar. Estratégia velha, tem no livro “como vencer um debate, mesmo sem ter razão”.
      Bom texto, parabéns e siga postando.
      Renato

      Excluir
    3. Não, Renato, eu não comparei uma tese com a outra, eu afirmei que o discurso ideológico é o mesmo (só falação), pois há falta de comprovação científica. Não se trata de um debate aqui, não se trata de vencer discurso, isso não é "ciência" social, onde há alguns autores com diferentes opiniões. Estamos lidando com um tema científico, e não é uma entrevista no Youtube que vai decidir no que eu acredito. Livros, ainda são a fonte de conhecimento da Humanidade, e por favor, me ajude a procurar alguma fonte bibliográfica, com um autor consagrado, no qual afirma e prova que aquecimento global é uma farsa. Pode até ser um artigo também, publicado numa revista renomada, de preferência internacional, como a Nature. Por favor, não cabe argumentos aqui, pois, mais uma vez, o conhecimento científico demanda por metodologia científica, e não é uma consulta a parentes que vamos tomar opiniões precipitadas. É necessário um estudo sério sobre o assunto, feito por pessoas capacitadas, com base em evidências.

      Excluir
    4. Caro HM, ainda não sei o que opininar sobre tudo isso do aquecimento global mas gostaria de dizer que seu exemplo do vulcão é inválido.
      A pesquisa mostra que ele liberou mais "energia"(não poluição) que a Europa em poluição. A grande maioria do liberado pelo vulcão foi SO2, uma substância creditada na verdade por "resfriar" o planeta terra. Ademas, o vulcão so tem explosões de tal magnitude a cada 200 anos mais ou menos.

      Excluir
    5. Caro Anon, moramos na Terra há um tempo estupidamente pequeno, mas achamos que sabemos tudo.

      Duma hora para outra, placas tectônicas podem começar a sentar o sarrafo no planeta, terremotos arrasando tudo, vários vulcões começarem a entrar em erupção, usinas nucleares serem partidas ao meio e aí sim, isso aqui acaba pra gente. Eu ou você podemos ter certeza absoluta disso, baseados apenas em "dados históricos"? De quantos milênios são estes dados mesmo? Somos um nada diante do que a Natureza pode fazer com todos nós, a hora que bem entender.

      Moramos numa casca de ovo, forrada de uma massa inimaginável de fogo líquido em forma de lava incandescente, com seu núcleo. Mas, a temperatura do planeta vai subir "meio grau" e o mundo vai acabar. Isso eu não aceito e não acredito. Cada um que faça as suas escolhas, livre arbítrio. Repito: me preocupo muito mais com a poluição por resíduos sólidos (plástico) ou uma contaminação nuclear do que com CO2 e efeito estufa.

      Excluir
    6. Hank, achei estes aqui:
      1- Aquecimento Global, Alarme Falso – Edição padrão, 1 jan 2010
      por Ralph B. Alexander
      2- Mentiras Convenientes (Português) Capa Comum – 31 dez 2012
      por José Abrantes

      Excluir
    7. Obrigado pelos livros, vou comprar! Lendo e aprendendo, já duvidava dessa estória de fim do mundo. Seu post só me fez ter a coragem de me aprofundar no assunto. valeu HM!

      Excluir
    8. Também tenho minhas dúvidas, Heavy. Mas os ecochatos são tão chatos, que é difícil acreditar neles e todos sabem a grana que rola nesse papo de “zero carbono”, ONGs, palestras de gente “importante”, partidos socialistas também ecobobos. Juro que já tinha uma pulga atrás da orelha, agora ela entrou no me ouvido. Valeu! E quando vai comprar ações? Avise a gente.

      Excluir
    9. Brilhante texto, no alvo! Concordo também com 100% de tudo que respondeu, deve ser nossa idade. Vão destruir o mundo desde sempre, já estamos em 2019 (rsss).
      E quanto a poluição citada, é óbvio que este é hoje nosso maior problema. Mas não conseguem arrecadar dinheiro em ONGs para "atacar os canudos de plástico", não é mesmo? Não tem apelo igual ao do (falso) aquecimento global. Já para combater o efeito estufa, ooooooooohhhhh! Tem fila de espera de gente nestas ONGs, e a verba é farta.

      Excluir
  8. O vídeo no Jô Soares deste climatologista (que é vaidoso e gosta de aparecer falando o contrário de todos) possui 8 anos.

    Oito anos nos dias de hoje para a ciência é um universo!

    E outra : quem é esse ilustre desconhecido professor tupiniquim? Baseado em achismos, ele sim faz seus achismos.

    Bem, odeio o PT e os demais de mesma bandeira, sou bolsonaro de carteirinha, sou patriota, acho que a Amazônia é nossa e ninguém se meta aqui (se quiser preservar que paguem uma cota por hectare), etc. Mas não descarto que haja ou que não haja a influencia do aquecimento global. Reconheço a ignorancia da humanidade num tema, onde portanto, não da pra se tomar partido de qual rumo tomar, qual bandeira defender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anon, boas ponderações.

      Eu não seguirei a bandeira dos eco chatos, financiados por (muito) dinheiro de gente como George Soros (ele mesmo!!!). Se não tivéssemos agrotóxicos, faltaria comida no mundo, evoluir tem um preço.
      E a palavra que você usou é a correta: ignorância (da humanidade). Os melancias só aceitam as opiniões deles, se alguém refutar é quase morto no meio da rua.

      Eu defendo a bandeira do mais ciência, menos achismo, menos ideologia. Por que não temos mais manifestações contra a proliferação de armas nucleares? Onde estão os ambientalistas para atacar Irã, Coréia do Norte, etc...? ONDE? Muito pior é volume de lixo plástico mundial, destruindo os oceanos.

      Repito: o ser humano acredita em coisas que repetidas a exaustão (principalmente em mentiras), ou, muitas vezes cria suas provas com interesses escusos por trás. Não acredito em gente que reclama do meio ambiente e compra Iphone "made in China", produzido com trabalho escravo. Gente que fala em proteger a Amazônia e usa índios para tráfico de drogas e pedras preciosas ou ouro, sustentados por muita grana de ONGs.

      Excluir
    2. Em tempo: tem que ser um cara tipo Al Gore ou Obama para ter mais credibilidade no que fala? Vagabundos também são famosos, discordo desta sua parte do texto sobre o "professor Tupiniquim". Assim, você dá a liberdade para questionar "quem é você para criticar ele?". Ataque idéias, não pessoas. Argumente.

      Excluir
    3. Anônimo aí de cima, só por que o cara é brasileiro, a opinião dele não conta?
      Seu comentário perdeu credibilidade no exato momento que ataca o entrevistado, sem dizer o porquê, somente por ele ser "tupiniquim". Isso mostra o tamanho da sua ignorância sobre o tema e, sobre respeitar a opinião alheia, fora ser discriminatório. Pense antes de escrever, vai passar menos vergonha. Argumentos sólidos, que prestem, nada.

      Excluir
  9. José Carlos de Souza9 de agosto de 2019 19:48

    Caro senhor Heavy Metal,
    Te admiro tanto nos investimentos quanto nos textos dos mais variados assuntos. Dinheiro e conhecimento nem sempre andam juntos, seu caso é digno de nota. A massa acéfala de medíocres que sempre se levanta contra quem ousa, é histórica. Siga nos ajudando seja nos investimentos, seja com seus textos que com certeza trazem o debate e a admiração (ou ira) de alguns. Pior que viver com medo da opinião alheia, é não ter opinião.

    Gostei dos vídeos e das dicas dos livros. Quem até aqui o acusou de desinformado ou “idiota” (esta é sempre a fala inicial de um real idiota: se enxerga no espelho, acha que os outros são seus pares) sequer ouviu, leu, assistiu o que postou. Assisti o filme no final do post, não o conhecia e achei muito sensato, nos leva a pensar e questionar essa máquina apocalíptica midiática, com governos e ONGS, ativistas e partidos políticos que lucram com tudo isso juntos, que vem martelando o imaginário mundial há décadas. Comprarei, também, um dos livros inicialmente.

    Ri aqui ao lembrar da história sobre “comer ovos”. Antigamente, fazia bem; depois, era arriscado pois aumentava o colesterol. Depois, voltou a fazer bem. Depois, a fazer mal... e agora, faz BEM! Tudo isso, a “luz da ciência”!

    Já tenho meus 57 anos, não sou mais presa fácil para esta gente que lucra com a ignorância alheia. Bom final de semana, parabéns pelo texto e pela coragem. Nunca se esqueça: para ter inimigos, basta que tenha opinião própria e livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Carlos,

      Pessoas como você é que me dão ânimo de seguir com o Blog, pois não ganho um centavo aqui. Não escrevo para agradar ou ofender, escrevo o que penso e o pensar ainda é livre (Lula, não! Kkkkkkk). Gostei da história do ovo, é exatamente por aí! Bom exemplo, e tudo com “ciência inquestionável” como defesa. Lembro do desespero tempos atrás de se comer ovos mais que duas vezes por semana (isso mesmo), pois morreríamos de infarte ou outra joça parecida. Depois, mudou, depois... mudou de novo. Verdades absolutas são raras, por isso as questiono e questionarei sempre.
      Obrigado por seu post e sua opinião, gratidão por ambos.

      Excluir
  10. Olá, a respeito da notícia sobre os pinguins, você viu o motivo deles terem morrido? Porque eles não morreram devido ao frio, mas morreram porque tiveram que se deslocar para uma região mais fria em busca de alimento e não aguentaram a viagem. O título da matéria é bem enganador.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Eu que li e interpretei o texto, não tenho sua visão.
      Eles morreram, segundo a matéria baseada em “ONGs”, foi por falta de comida devido ao calor OU, ao frio excessivo, que criou extensas áreas de gelo, fazendo com que a busca por comida fosse mais longe... assim, levando a maior demora para achar a comida e trazer aos filhotes, os quais morreram???

      “Camadas extensas de gelo marinho fizeram pinguins adultos terem que viajar mais longe em busca de comida; somente dois filhotes da temporada de reprodução sobreviveram.“ Discordo da sua opinião, basta ler o texto novamente...

      Excluir
  11. Ecoterrorismo... Bandeira da esquerda moderna. Tem um excelente livro com um capítulo sobre isso: o livro politicamente incorreto da esquerda e do socialismo. No mesmo indica uma bibliografia legal com mais conteúdo.
    Isso é simples... A indústria quer faturar com terrorismo, vender merdas pros próximos 100 anos, fazer os governos gastarem e cobrar impostos, etc.

    ResponderExcluir
  12. CF, que a força esteja convosco! Simples assim. Mas... bater nas enormes mentiras que são “verdades absolutas”, só por que são repetidas há décadas por um turma bem organizada e faminta por muita grana, nunca é fácil. Quer ver outra polêmica? Quem tem provas que bateu um asteróide na Terra e matou os dinossauros? Que provas temos disso???? PROVAS, não falo de teorias ou ciência de boteco. Muita coisa carece de ciência, de fatos, e segue no achismo. E se eles morreram por falta de comida, num longo inverno? Ou pipocaram vulcões, queimando tudo na face terrestre do planeta e trazendo o caos e morte aos mesmos?
    Enquanto te respondia, abri este link aqui:

    https://canaltech.com.br/ciencia/tudo-o-que-voce-sabe-sobre-extincao-dos-dinossauros-pode-ser-uma-farsa-63163/

    Eis parte do texto:

    “Fatores da lenta extinção”

    “As coisas que podemos modelar são bastante limitadas, mas podemos dizer que, durante o tempo em que observamos o processo de desaceleração se tornar um declínio real, o mundo estava passando por algumas mudanças bastante drásticas”. Esses fatores incluem a dissolução do supercontinente Pangeia, a atividade vulcânica prolongada e um grande episódio de resfriamento global.”

    Pois é, nem tanto ao céu, nem tanto ao inferno. Prefiro René Descartes, prefiro “pensar e existir”, prefiro questionar sempre tudo aquilo que não temos provas concretas a respeito e que vive no mundo da especulação científica - que na maioria da vezes, é mais
    obscurantismo que ciência.

    A única certeza dessa vida, amigo, é a morte. O resto, “tudo se transforma” e muita coisa “se cria”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Num breve texto, encontrei Descartes, Lavoisier (de uma forma inusitada) e se não estou enganado, tem uma pitada de Taleb nisso aí. Acertei? HM, aproveito e pergunto que fundo imobiliário você compraria agora, por minha conta e risco.

      Excluir
  13. HM,

    Acompanho muito seu blog para acompanhar suas estratégias de investimentos,as quais são bem assertivas tendo em vista essa evolução espetacular que você teve ao longo dos anos.
    Mas, com todo respeito, descordo de vários pontos levantados por você nesse post sobre aquecimento global. Não quero entrar em debate sobre os pontos expostos aqui pois eu mesmo não sou especialista no assunto mas conversei com amigos são cientistas e estudam o assunto e o que passaram é o que os riscos são reais e se não melhorarmos vários pontos do meio ambiente, breve estaremos pagando um preço caro por isso. Antes que vc me acuse de esquerdopata, bem como meus amigos cientistas, é melhor vc separar assuntos políticos de questões ambientais, apesar que muitos tentam misturar para conseguir faturar sobre esse assunto.
    Uma sugestão pra vc se quer mesmo aprofundar sobre o assunto. Visite centros de pesquisas especializados nesse assunto e converse com pesquisadores sérios. Acho que vai ser legal pra vc contrapor os pontos levantados por vc.
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anon, obrigado pela sua preocupação, conheço vários locais citados em seu texto e discordo plenamente da agenda globalista apocalíptica.

      Esta é minha opinião, você tem a sua. Sugiro que faça o mesmo: primeiro, acorde do sono profundo em que você se encontra, treinado para acreditar no fim do mundo - que não virá - e depois, estude sobre o assunto. Eu, adoro entrar em debates. Leio sobre o assunto, você faz o mesmo?

      Vocês misturam poluição local com aquecimento global. Se a Amazônia acabar, a Terra seguirá com seu "pulmão aquático" (fitoplanctons) - em tempo, sou contra desmatar a Amazônia, mas também sou contra farsas e o ecoterrorismo.

      Excluir
  14. HM, admiro sua personalidade, perfil de investimento e patrimônio, que alias tem muitas semelhanças comigo. Não admiro o radicalismo com que escreve seus textos, muitas vezes com tom de desprezo por quem tem opinião contrária. Mesmo sob o pretexto de combater o radicalismo à esquerda, não acredito que vale tudo para difundir um discurso absolutamente radical à direita, adotando inclusive intolerância na tentativa de desqualificar tudo que vem do outro lado.

    Não vou entrar na discussão dos itens do texto, pois corro o risco de ser acusado de melância ou ecochato, afinal, me parece que se alguém acredita que existe uma mínima possibilidade de haver aquecimento global e ouse discordar um pouco do professor Ricardo Velicio (?), é comunista, ecochato melancia que come criancinha.

    Você manifestou que se preocupa com a produção de resíduos plásticos, o que é uma hipótese interessante, mas você também concorda que é ridículo se proibir o uso de canudos plásticos? produz-se milhões de toneladas de lixo plástico e a culpa de tudo é do canudinho, a vá ...

    Isso só mostra que em tudo existe radicalismo e cabe as pessoas de bom senso avaliarem a situação e adotar um tom mais moderado. Todos os discursos, até mesmo os radicais, tem valor, e acredito que como sociedade estamos evoluindo graças, muitas vezes aos radicais, mas me incomoda, sobretudo, a postura de: "Se você tem uma opinião contrária, você é um lixo".

    Imagina se nada tivesse sido feito nos últimos 30 ou 40 anos, quando se iniciou a campanha contra aquecimento global, talvez estivéssemos com indústrias e carros poluindo cada vez mais e, provavelmente, não teríamos evoluído em muitas tecnologias que só existem graças ao incentivo dado a adoção de tecnologias "mais limpas".

    Admiro o modelo capitalista americano, mas todos sabemos que não seria saudável se toda a população do planeta decidisse levar a vida com o padrão de consumo dos americanos. Neste aspecto, o países europeus tem uma visão muito mais avançada sobre a formação de uma civilização sustentável, anos a frente dos americanos neste quesito.

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro EI,

      Texto grande, merece uma resposta a altura. Vamos por partes, como disse Jack o Estripador.

      1- Não falo de capitalismo americano em meu texto. Falo de eco chatos. Padrão de vida americano também não cito no meu texto, cito a farsa do aquecimento global(ista). Nada além disso. A Europa é tão sustentável, que destruiu suas florestas e vem regular a nossa. Não me servem de exemplo.

      No ranking de quem tem mais florestas no planeta, primeiro está a Rússia (mas seu território está em boa parte na Ásia), seguida por Brasil (2º), Canadá (3º) e EUA (4º). Nenhum outro país europeu está na lista, e em muitos deles, as florestas chegam a perto de zero (0,3% a Europa como um todo, segundo a Embrapa). Prefiro o estilo americano, pois prefiro algo que preserva suas florestas e não é um antro de espertos atrás de grana fácil para suas aventuras ambientais, no país alheio.

      2- Se ter opinião é ser radical, você também é... pois tem sua opinião, ou não tem? Chamar o outro de radical, apenas por falar o que pensa, é a mesma atitude da turma ecoterrorista. Qual é o radicalismo encontrado no texto acima: ameacei alguém de morte? Incitei homens bomba contra algum grupo, espanquei mulheres? Decretei a prisão de alguém? Tenho que pensar igual os outros, ou você? Por favor, poste um texto com mais conteúdo. Rótulos e nada, para mim, são a mesma coisa: não colam. Não sou obrigado a acreditar em mentiras e que peidos de vacas e carneiros na Austrália, Brasil, Nova Zelândia e Índia irão acabar com a camada de ozônio. Como acreditar num lixo desses? Segue:

      https://super.abril.com.br/mundo-estranho/e-verdade-que-o-pum-das-vacas-aumenta-o-efeito-estufa/

      Descobri que os Dinossauros morreram mesmo foi devido ao excesso de gás "Peidano", pior que o Metano!! Jamais deixarei de postar a minha livre opinião, caso contrário eu serei refém da patrula da "intelligentsia". Penso, logo existo e por isso mesmo, questiono.

      3- Não aceitar todos os mantras que por 22 anos o país e hoje o mundo ecoam, é apenas ser questionador. Radical, é roubar merenda de escola pública, é matar pessoas por que trabalham em navios de pesca que os ativistas ata, é seguir a manada cega e burra. Estou fora deste time. Radical é fumar maconha, financiar o tráfico, viver as custas de papai e mamãe capitalistas e passar o ano todo fingindo estar estudando, enquanto "luta contra os radicais".

      Excluir
    2. 4- Não falei em canudos plásticos, falei de plásticos como um todo e sou a favor de canudos de papel. E por tocar no assunto, que entendo bem, você sabe quantos anos leva para um canudo plástico se decompor? No mínimo, 200 anos.
      Sabe quantos canudos são usados por dia só nos EUA? De 170 milhões a 500 milhões (este último, questionado por alguns) e vão para o lixo esperar no mínimo 200 anos (PQP!) para se decompor. Isto sim é uma tragédia, sejam 170 ou 500 milhões, é um valor absurdo de lixo plástico. Sacolas e tampinhas matam inúmeros animais. É muito mais fácil e rápido o planeta se ferrar por causa de todo este lixo plástico nos oceanos (comprovadamente, pois muda o ecossistema marinho e as algas lá estão), que cresce em forma quase que geométrica, do que devido ao famigerado "aquecimento global". Sou do Greenpeace agora! (KKKKKK, mentirinha!)

      Leia mais sobre o assunto. Morrem inúmeros animais marinhos (aves, peixes, mamíferos e o restante ao redor) todos os dias, existem enormes ilhas de lixo plástico nos oceanos, devido as correntes marinhas se acumulam em certos pontos, que são lixões em áreas que deveriam ser oásis. Inclusive, no Mediterrâneo. Alguns vídeos para você:

      https://www.newsweek.com/mediterranean-garbage-patch-island-plastic-waste-sea-1431722

      https://www.youtube.com/watch?v=snHn5HQxweo

      https://theoceancleanup.com/great-pacific-garbage-patch/

      Isto, me preocupa infinitamente mais que o mimimi apocalíptico ecochato. Misturam poluição local, com aquecimento global, com fim dos ursinhos carinhosos e a destruição da vida na terra. Mais fácil isso aqui acabar por uma guerra nuclear, ou por excesso de chatice dos ativistas terroristas.

      5- Palavras suas: "mas me incomoda, sobretudo, a postura de: "Se você tem uma opinião contrária, você é um lixo". Bingo! Fizeram isso com minha opinião, em vários posts que deletei. Nenhum post educado eu deixei de publicar e debater com seriedade e educação, o seu foi publicado.
      Quem está sendo radical é quem tenta me calar, ou me ataca por eu me expressar contra o besteirol incrustado na cabeça do povão, após anos de muita repetição (inclusive, nas escolas). Mas é sempre assim, os adormecidos detestam acordar para a realidade. Ao contrário do que dizem, a verdade não liberta: ela te escraviza, pois apenas uma minoria quer ver o óbvio e sofre por isso.

      6- Por que só a turma da esquerda tem ONGs, faz algazarra, ganha dinheiro e tem partidos políticos envolvidos nesse tema? Isso é algo que me mata de curiosidade e é um fato, não é achismo.

      Excluir
    3. 7- Para finalizar, você disse: "Imagina se nada tivesse sido feito nos últimos 30 ou 40 anos, quando se iniciou a campanha contra aquecimento global, talvez estivéssemos com indústrias e carros poluindo cada vez mais e, provavelmente, não teríamos evoluído em muitas tecnologias que só existem graças ao incentivo dado a adoção de tecnologias "mais limpas".

      Na minha opinião, repito, muda e muito (e para melhor) a poluição local, mas não a temperatura global. Sou a favor de uma cidade sem fumaça, óbvio. Quero todos felizes de bicicleta, camisas do Greenpeace, comendo comida vegana (eu, vou na churrascaria mesmo) e sem um trânsito infernal. Mas, não acredito mais nessa conversa de aquecimento global.

      8- Prefiro ser "direito", esquerda e direita são coisas que não me agradam. Não entro no direito alheio, sou a favor do que foi decidido pela maioria (não pela minoria), não tenho nada contra opções sexuais diferentes (mas sou contra ativismo LGBT, bandeira da esquerdalha), sou a favor da propriedade privada, de ajuda aos menos favorecidos (sem assistencialismo ou voto de cabresto), do respeito as leis (sem elas, nos resta a selvageria), de escola "sem partido" e a favor de um mundo com menos mentiras e menos patrulhas ideológicas, pois elas: existem, intimidam, calam, atacam, se organizam, se reinventam e as pessoas no geral, não percebem o espiral vicioso em que estão "enroladas a vida toda" (trabalham muito, ganham pouco, "não tenho tempo para esses assuntos") e que domina seu dia a dia em vários detalhes ocultos, que sem um olhar mais cauteloso essas pessoas seguirão "deitadas eternamente em sono profundo".

      Um abraço de quem teve a felicidade de acordar para o presente, olhando para o passado e procurando evitar os mesmos erros no futuro. Assistindo hoje "O Jardim das Aflições", que beleza!

      Excluir
    4. Caraca, HM, que site fera esse: https://theoceancleanup.com/great-pacific-garbage-patch/
      Sem palavras, não tinha noção de nada disso que você falou aqui sobre lixo plástico e as ilhas de lixo no oceano. Muito bom o site, obrigado por compartilhar o site e siga postando. Sempre aprendo por aqui, seja sobre investimentos ou temas "cabeludos"para alguns, mas não tem dessa não. Cada um que defenda seu ponto de vista, simples.

      Excluir
    5. Ursinhos carinhosos, kkkkkkkkkk. Amei!
      Na minha faculdade, onde me formei 8 anos atrás, a turma que vivia a pregar “ambientalismo” não deu em nada na vida. Criaram uma ONG e viviam atrás de “verba” para seus “projetos”. No máximo, plantaram um pé de alface e olhe lá, graças a Deus a tal ONG deu errado e acabou. Uma turma de malandros, socialistas de iPhone. Alguns seguem hoje filiados ao PT e outros ao PSOL, o que resta a esse povo mesmo, pois estudar e trabalhar que é bom, nunca quiseram. E os Dinossauros? Essa eu não sabia, rsssss, rachei de rir com a estória do gás. Viva o bom humor.
      Tatiana

      Excluir
    6. HM, fico feliz com a cuidadosa e respeitosa resposta. Vou tecer alguns comentários, mas sem me aprofundar muito:

      Antes quero esclarecer que meu comentário foi realmente mais abrangente que a postagem em si, pois acabei abordando temas não explícitos na postagem original, mas já presentes em outros textos, assim como nos comentários desta e de outras postagens.

      Sobre os itens elencados por você, aí vai:

      1) De fato estes são os países com maiores extensões territoriais de florestas nativas, mas há que se considerar que são os maiores territórios do mundo (talvez por coincidência). Comparar com a Europa, sobretudo a Alemanha, assim como fez nosso presidente, é um erro, geográfico (são países menores), histórico (avalie historicamente tudo o que aconteceu nestes países nos últimos séculos como guerras) e sobretudo falta de informação, pois a Alemanha, por exemplo, realmente destruiu suas florestas nativas, mas hoje 1/3 do território é coberto por florestas não nativas. A Alemanha tem incentivos ambientais (descontos em impostos, incentivos de financiamento, etc) de forma muito mais madura que qualquer país do mundo.

      2) ter opinião é uma coisa, ofender outras pessoas só porque pensam diferente, é ser radical, pois normalmente os radicais tem dificuldade em conviver com pessoas que pensam diferente, uma vez que a sua opinião é soberana e não existe a menor possibilidade do outro lado ter um mínimo de razão. (quando não acreditam que o outro é um lixo só por ter opinião diferente).

      3) Não entendi muito bem onde quer chegar neste comentário, quer dizer que todos que tem uma visão diferente da sua (ou apoiam uma visão mais social) fumam maconha e financiam o tráfico?

      4) Sobre o plástico, sou solidário e entendo como um problema grave, só disse que o canudo é o menor dos problemas. Os canudos representam 0,02% dos resíduos plásticos gerados diariamente. Acredito que podemos tratar o problema através de ações mais relevantes, como educação e coleta seletiva efetiva. Qual o percentual do nosso lixo no Brasil é coletado de forma seletiva de verdade? o problema é realmente o canudinho? rs

      5) sim, procuro me manifestar de forma educada, mesmo discordando, apesar de ter usado forças de expressão. De qualquer forma, este trecho da sua resposta endossa o que eu disse: "Mas é sempre assim, os adormecidos detestam acordar para a realidade". Significa que quem tem opinião contrária é um adormecido? não penso assim.

      6) Também não sei responder esta, mas possivelmente porque estas pessoas tenham maiores preocupações com os outros, com o ambiente, minorias, etc. Me parece que você supõe que todos envolvidos em ONGs fazem algazarra com dinheiro público, são bandidos e não tem atividades e preocupações legítimas, certo? Entendo ...

      7) Honestamente, não acho que preocupação com meio ambiente se resuma a andar de bicicleta, usar camisa do Greenpeace e comida vegana (eu tb vou gosto de um churrasco), mas sim de ações mais responsáveis, como diminuição do "footprint" de uma maneira geral, são eles: diminuição de uso de recursos como combustíveis fósseis, plástico (inclusive com os canudinhos, rs), minérios, florestas nativas e tudo mais.

      Desculpe voltar a Alemanha, mas estive lá o ano passado por um tempo e fiquei chocado com o avanço no tema ambiental (coisa que nunca vi nos EUA e muito menos aqui no Brasil). Por exemplo, lá o governo dá incentivos ao financiamento de uma obra no telhado da sua casa por um material com maior isolamento térmico, diminuindo o uso de sistemas de aquecimento. A coleta de lixo é paga por peso (ou volume?), incentivando as pessoas a adotarem práticas de compostagem para reduzir lixo orgânico. As garrafas pet e de vidro são trocadas por dinheiro vivo em qualquer local (poucos centavos de Euro, mas é alguma coisa). Podemos até criticar a Alemanha por ter destruído suas florestas, mas depois do que este país passou nos últimos 100 anos (2 grandes guerras), o que eles fazem é mais um 7 a 1!

      Forte abraço!

      Excluir
    7. Serei muito direto e serão minhas últimas respostas: o que penso é explícito, tire suas conclusões. Só conhecemos as pessoas quando com elas convivemos, algo irreal e impossível via Internet. Você é bem inteligente para ter postado a pergunta número 3, pois a resposta é óbvia - tire suas conclusões, novamente, não precisa de mim. Usuário de droga é financiador do tráfico, fatos sempre serão fatos. E visão social ou socialista? Já contribuo todos os meses com muito em impostos pagos, para ajudar as "visões sociais".

      Você começa e termina seus posts aqui me chamando (sim) de radical. Só tem isso a dizer? Seja mais maduro, de novo comigo não! Quem não concorda com você é radical??? Te devolvo a pergunta. Não seria você o radical aqui?

      No item 4, mais uma vez você menospreza o lixo plástico, que não se limita a canudos. Você realmente leu o que eu escrevi? Não parece. Por favor, informe-se antes de debater, usar de ironia é mais velho que vento sul, mas não cola. Use conteúdo, é mais eficaz.

      Se a Alemanha está tão preocupada com nossas florestas, por que não começam reflorestando mais a própria Alemanha e a Europa? Quer mudar o mundo? Comece arrumando sua cama e seu entorno.

      É a mesma Alemanha que permitiu que Audi, Mercedes, Porsche e Volkswagen fraudarem milhares de clientes, com carros a diesel com falsos índices de menor poluição? No mundo todo? Onde estava o governo alemão que não aferiu e controlou isso, e os testes feitos?
      (https://exame.abril.com.br/negocios/alemanha-multa-porsche-em-e-535-milhoes-por-fraude-relacionada-a-diesel/)
      Isso até tem um filme na Netflix, contando a história do esquema todo. Picaretas alemães, sim, eles existem.

      Quer comparar Brasil com Alemanha?
      "Brasil tem 75% de energia limpa contra 27,5% da Alemanha"
      "Brasil e Alemanha: 67% contra 32% de vegetação preservada"

      Você insiste em transmutar o que escrevi, insiste em rotular ao invés de argumentar, ignora o lixo plástico e mostra uma ironia mesclada com pitadas subliminares de "veja só, você não pode pensar assim". Não precisa disso, use argumentos sólidos. Se você se acha acordado ou adormecido, isso cabe somente a você decidir! Não serei eu a te dar as respostas, nem tenho esta pretensão, eu cuido apenas dos meus filhos e eles, graças a Deus, sabem que isso tudo é uma farsa.

      Ataque idéias, não pessoas. Radicais tem vagas cativas nas ONGs ambientalistas, felizmente não é meu caso.

      Excluir
    8. Concordo com você, HM, o cara vem todo mansinho e tome pancada na cabeça. Radicais costumam acusar os outros de serem o que eles mesmos são, é a imagem no espelho. Já deu resposta educada, o cara não entende. Também, com esse nome "incorreto", só poderia ser assim mesmo. Cheio de perguntas capciosas, quer que você caia em alguma armadilha, quer rotular como você mesmo já percebeu. Neste debate, só vejo um bobo.

      Excluir
    9. EI, de boa, sua réplica está uma vergonha. Além de mal escrita, sem uma linha de raciocínio interconectada, ataca o cara várias vezes e tenta ainda posar de gente boa. Porra, cara, que merda é essa? Você escreve claramente “parece que você supõe” e depois parte para afirmar o que vem na sua cabeça, como se verdade fosse dita por ele? Eu não tive nenhuma suposição que você teve, li tudo até aqui e esperava mais de você.
      Em vários pontos, mostra claramente que você tá com raiva, não tem argumentos, chama ele de radical (o anônimo aí acima te definiu muito bem) e literalmente coloca palavras na boca do cara, mas quem falou foi voce e não ele.
      Quando você fala merda, é força de expressão, mas ele é o radical. Amigo, igualzinho um sujeito chamado Ciro Gomes, que manda todo mundo tomar no cú, depois fala que ele “foi mal interpretado, era força de expressão” e os radicais são os outros. Na moral, ridículo seu texto, você foi respondido com educação e pagou com armadilhas e acusações. Vergonha alheia, só consigo te definir como dissimulado. Esqueça o assunto, se tem ou não efeito estufa isso nem mais importa. Me incomodei com sua atitude covarde, com seu caráter que está claro nas suas palavras e não foi legal. Se isso que você escreve vai para alguém que “supostamente admira”, imagino para quem não gosta. Além de tudo, começa com falsidade

      Excluir
  15. https://g1.globo.com/natureza/noticia/2019/08/12/usar-dias-frios-para-negar-aquecimento-global-nao-faz-sentido-indica-pesquisa.ghtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OK, pesquisa feita por quem? Que dados? Faz me rir. Soube também que usar dias quentes para validar o aquecimento global não tem validade... mesma lógica.

      Excluir
    2. Soube que dias "mornos" podem ser usados tanto para validar o aquecimento global, quanto para atacar o mesmo. Depende somente de escolher o lado que se quer apoiar... rssssss
      Dias nublados são neutros!

      Excluir
    3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKK, depois eu que sou o comediante aqui.

      Excluir
    4. Mas tubarão e pinguim que morrem de frio servem para explicar que nao existe aquecimento global, entendi ...

      Excluir
    5. Pela sua lógica, só servem para explicar a farsa do aquecimento global os peidos de vacas... Entendi!
      E aprenda a interpretar texto antes de se arriscar a comentar: quem morreu de frio foram os tubarões, os pinguins morreram de FOME! Isso que dá não saber nem o básico em uma leitura. Triste Brasil!
      Leia, entenda, tenha certeza que entendeu (peça ajuda a Tia Lúcia, professora de português do primário) e depois, com muita certeza, tente comentar de novo. Boa sorte! Repita o processo quantas vezes forem necessárias.

      Excluir
    6. Anônimo aí de cima, que comentário burro o seu, kct! A correlação tem sentido sim, se o que nos aguarda é o aquecimento global, por que temos as piores nevascas das ultimas décadas? Povo tem merda na cabeça, só pode.

      https://oglobo.globo.com/mundo/maior-nevasca-das-ultimas-seis-decadas-leva-caos-asia-3074527

      https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2017/07/15/santiago-se-tinge-de-branco-apos-rara-nevasca-que-provocou-corte-de-energia.htm

      https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=565

      Excluir
    7. Caro Anon, não conhecia este post do Mises Brasil! Valeu! Vai virar post.

      https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=565

      Excluir
  16. Parabéns pelo texto!! concordo em grande parte, vi os comentários, e o pessoal confunde poluição com aquecimento global, a poluição muda as fases das estações, atrapalha as estações de chuva, seca enfim as estacões ficam zoadas. Em combantendo a poluição e ter um pensamento mais sustentável já ajudará e muito o clima ser mai cíclico. Fora isso a Terra como todo passa por fases mais quentes e frias, há diversos estudos sobre isso, só não aceita quem não quer enxergar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SP, simples assim. Falar o contrário do mantra da mídia, partidos políticos e de gente que fica rica usando a bandeira do ambientalismo (gente famosa!) sempre será uma guerra. Mas minha missão é ignorar isso tudo e seguir escrevendo naquilo que acredito (ou não). Chega de usarem o imaginário das pessoas como forma de obter lucro, atacarem os outros e seguirem desinformando gerações. Uma hora, alguém acorda e diz: "como eu acreditei nessa porcaria toda???"

      Eu, acordei faz uns 15 anos.

      Excluir
  17. Olá, HM.

    Parabéns pelo excelente post.
    Eu também estou de acordo com você. Esse negócio de aquecimento global é balela. Já acreditei quando era mais novo. Depois vi que esse pessoal quer que a gente seja massa de manobra e que aceitem tudo e não questione nada.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cowboy, culpam vacas e ovelhas pelo efeito "estufa". Esse povo é inteligentemente maluco, são doidos sem maluquice: tudo bem planejado, bem escrito, a catástrofe é cinematográfica pois VENDE! Por que não vemos na mídia no combate ao lixo plástico, como deveria ser?

      Falar de "entidades espíritas" (invisíveis), de coisas que "apenas a NASA pode mostrar com seus satélites" ou "cientistas europeus renomados provam em seus artigos" é fácil: usam o imensurável aos olhos dos "leigos"(nós). Já o lixo plástico, que todos podem ver e saber, sem precisar da ajuda e das opiniões de seres intergalácticos de inteligência descomunal para revelar o tamanho da "trola", não tem o apelo dos invisíveis "aquecimento global e o efeito estufa".

      A "cegueira da visão", no estilo Raul Seixas, é uma opção depois dos 40 anos de idade. Eu escolhi enxergar.

      Excluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos! Comentários ofensivos não serão publicados. Aqui, compartilhamos uma jornada rumo à independência financeira.

Petistas, comunistas, socialistas, bolivarianistas e demais escroques, aqui vocês não são bem vindos.