segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Carteira HEAVY METAL - Janeiro de 2013 (D.C.)

Composição atual do portfólio HEAVY METAL:

1- Fundos Imobiliários = WPLZ11B, PRSV11, FEXC11B, NSLU11B, FFCI11, EURO11, FPAB11, BCFF11B, FVBI11B, VRTA11, RDES11, BRCR11 e XTED11 (estes dois últimos são novatos na Carteira HM). Comprei mais cotas de FFCI11 e 100 cotas de BRCR11 / XTED11, agora tenho 13 FII na CHM. Valor atual de 706.790,90 reais.


2- Ações = ELPL4, CSNA3, BBAS3, WHRL3, RADL3, ETER3, VALE5, EQTL3, GRND3, CMIG3 e CRUZ3 (estas duas últimas são novatas na Carteira HM). Pretendo escolher mais duas (ou três) novas empresas para meu portólio, continuo muito querendo que AMBV3 tome uma porrada de uns 20%... Valor atual em ações é de 759.130,00 reais.

3- Previdência Privada = MAPFRE Seguradora, com 70% em Renda Fixa e até 30% em Ações, sem taxa de carregamento e a taxa de administração de 1,4%. Vou chorar desconto nesta taxa de administração, pois 1,4% "tá osso" com os juros atuais do país. Valor atual de 317.109,79 reais.

 4- Renda Fixa = 200.000,00 reais em empréstimos e 180.721,89 reais num Fundo de RF no HSBC. Total de 380.721,89 reais.

5- Dinheiro em Caixa = 138.500,00 reais.
 
 Nos atuais valores dos ativos da Carteira HM, minha distribuição percentual está assim dividida:

1- Fundos Imobiliários (FII) = 30,7%

2- Ações = 32,98%

3- Renda fixa = 16,54%

4- Previdência Privada = 13,77%

5- Dinheiro em Caixa =  6,01%

 E sigo na busca de novos ativos para colocar na carteira, na parte de FII já estou satisfeito com o atual grupo de 13 fundos. Está difícil escolher novas ações ou mesmo FII, mas das ações que já tenho eu pretendo aumentar posição em GRND3 e BBAS3 (esta última, abaixo dos 23,00 reais acho uma boa compra). Paciência é a regra do jogo.



  
 "The Hunt just goes on... and on..."

16 comentários:

  1. HM, pense um pouco. Não acha um pouco de mimimi da sua parte a implicância com AMBEV? Quem torce para ela cair isso tudo que vc diz, está esperando desde 2008!

    A não ser que vc vá aportar R$ 500 mil numa tacada só, uma queda de curto prazo não faz a menor diferença. O motivo para torcer por uma queda é algo puramente psicológico, pois causa prazer ao ser humano achar que fez um bom negócio. Comprar um bem numa promoção traz a falsa impressão de se sentir mais inteligente que os outros.

    Mas o mercado é um triturador de egos. Quem não comprou em 2008, quando o mundo ia acabar, pagou um caro custo de oportunidade. There's no free lunch!

    Não vejo motivo relevante para adiar a entrada num bom ativo já tendo capital para isso. E vc ainda tem a opção de diluir as compras por vários meses para reduzir o risco de comprar num topo.

    Deixe as emoções e desejos de lado e pense um pouco.

    Um abraço de El Rei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Troll,

      Não é implicância... é margem de segurança! Já vi este filme antes, vi papel subir 100% e com ótimos fundamentos e depois tomar cacetadas Homéricas. Mercado é um animal irracional, quem procura padrões ou certezas aqui, geralmente toma ferro. Penso em comprar 100 ações por mês e fazer preço médio, sua idéia é boa e já testada pelo tempo (nada de entrar pesado de uma vez só num papel em alta há meses). Postarei aqui, tenha certeza.

      Excluir
    2. Eu entendo sua estratégia e respeito sua experiência de mercado, pois sei que isso conta muito para a formação de um bom administrador. Por isso, nem vou entrar no mérito acerca dos seus critérios pessoais, já que seus números e o estágio em que vc se encontra falam por ti.

      Mas veja bem: vc já viu empresas com ótimos fundamentos realizarem forte antes e torce para que o mesmo ocorra com Ambev. Isso é buscar um padrão, concorda comigo? E quem acredita nesse padrão nos últimos cinco anos, deixou de dar uma cacetada homérica no mercado... rs

      Um abraço de El Rei!

      Longe de mim querer acertar todas na bolsa. Isso é impossível para qualquer ser humano, pois seria o mesmo que ter o dom de prever o futuro. Mas vou repetir para vc algo que sempre digo por aí e vc já sabe com certeza: um único indicador não quer dizer nada sobre qualquer empresa. Se hoje Ambev não atende seus critérios por qualquer motivo, não é uma queda de curto prazo na cotação que fará vc pensar o contrário.

      Te adicionei no meu blogroll, pois companhar seu blog dá um gás danado em quem está começando! rs

      Excluir
  2. Grande HM
    Carteira de respeito.
    Também tenho uma boa fatia dos meus investimentos em previdência privada e ultimamente estou repensando em muito se esse tipo de investimento vale a pena, principalmente pelas taxas cobradas x rentabilidades.
    A vontade êh retirar todo o valor e aplicar em FII e " boas ações" que acho que terei mais chance de ter uma melhor performance.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não duvido que a maioria das P. Privadas perca para muitos FII comprados meses atrás e talvez para alguns da nova safra (mas estes só saberemos no futuro). Conto oom o benefício fiscal de aplicar no limite dos 12% de restituição do I.R. e mais nada, mas vejo como uma diversificação visto ser um Fundo Multimercado (que não tinha no portfólio). Só gostaria de baixar esta taxa de 1,4%... tá salgada. O pepino e sacar agora e tomar uma cacetada de mais de 10%, talvez parar de fazer novas aplicaçãoes e deixar a grana que já está lá quieta seja algo a pensar.

      Excluir
  3. HM boa noite, qual é o fator mais importante que vc considera na escolha de um FII ?

    ResponderExcluir
  4. Taxa de administração, juros dos CRIs vendidos (nos de papéis), dividendo, locatários e prazo de contratos, dividendos e seu histórico, local dos imóveis... Mas nada disso te impede de tomar uma troletada aqui ou ali! Tem macacada penando com um FII novo da CEF (tem gente que acha a CEF uma garantia de lucros...), calote dado na praça e o pau tá comendo! NSLU11B também deu um susto meses atrás, mas já recuperou a cotação praticamente.

    Sugiro fugir de FII com renda mínima por prazo garantido e FII de um só inquilino, muito risco para pouco retorno.

    ResponderExcluir
  5. Essa música do Manowar é muito show!!!

    ResponderExcluir
  6. Ola´<
    Tenho lido seus posts e tenho me questinado ultimamente e gostaria de trocar umas ideias.
    Comecei em 2003 na bolsa de forma meio desordenada e com medo o que não me rendeu grandes feitos nesse exelente periodo .
    Comecei em 2000 com 40.000,00 para montar meu negocio e comprar um carrinho usado e hj tenho com imoveis , bolsa , FII, poupnça etc cerca de 4000.000,00, comecei ganhando no trabalho como liberal 1500,00 e hj ganho cerca de 17.000,00.
    O QUE ME FRUSTRA É NÂO RECEBER COM 3300.000,00 INVESTIDOS(TIRANDO A CASA QUE MORO) NEM A RENDA QUE GANHO TRABALHANDO!!.minha pergunta?
    Como me organizar, hj com 38 anos, para me aposentar dentro de 5 anos do trabalho que exerço, mantendo os mesmos ganhos atuais da renda do trabalhoe ainda ter crescimento patrimonial acima da inflação?? MTO obrigado

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo,

    O que vc postou é o que eu quero: receber ao menos 1% ao mês de juros e dobrar o capital a cada 5 ou 6 anos. É por isso que estamos nesta jornada de aprendizado e muito TRABALHO. O segredo é simples: juros composto, pena que nosso governo finja que é capitalista e interfira tanto (e de maneira BIZONHA) na economia, atrapalhando em muito nossos cálculos para a aposentadoria fora do lixo do INSS.

    Não é fácil o que você e eu queremos, mas os fatores mais importantes são: aportes + tempo + reinvestir os proventos gerados pela carteira. Nada supera esta matemática, mas isso leva tempo para gerar frutos (calculo isso como 10 anos em diante). Teremos tempo de altas e de baixas, os aportes constantes fazem então um preço médio.

    Mas para obter fluxo de caixa (isto é, dinheiro gerado todos os meses e caindo na sua conta) você tem que ter RF, FII, ações que paguem dividendos. Contar com os imóveis que tem e carros é um erro nesta conta... Se não geram renda, são passivos até que se prove o contrário. "Mas o imóvel valorizou 200%!"- e vc recebeu este dinheiro de volta? Não? Então não pode somar como um patrimônio a ser remunerado em X% ao mês.

    Não coloco meus carros, casa, apartamento e cotas de empresas (fora da bolsa) no meu patrimônio postado aqui no Blog, vc já deve ter notado isso. E sinto te informar que ganhando 17.000,00 ao mês você não aposenta em 5 anos. Seria mais sábio você pensar em se aposentar dos 55 em diante... Não se iluda! Exceto conseguir aumentar sua renda atual e consequentemente seus aportes mensais. Sucesso só vem antes de Trabalho no dicionário. Trabalhe, poupe, tente aumentar sua renda e deixe o tempo trabalhar a seu favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em tempo:

      Quanto seu portfólio gera mensalmente de proventos?? Some tudo o que vc ganha com o "trabalho" do seu patrimônio (aluguéis, juros, dividendos, JCP). Esqueça o que você ganha com seu trabalho de ortodontista. SDS.

      Excluir
    2. Tenho HJ ETFs, FIAs , NTB principal e imovel pra renda e FII.
      So os ultimos geram renda , pois os outros reaplicam automaticamente. HJ dá uns 4K de renda passiva.
      Abs e obrigado

      Excluir
    3. Cara,

      Você precisa focar seu investimento em fluxo de caixa. Por isso prefiro FII e ações de dividendos, minha opinião. Aí sim vc fica tranquilo, quando vê que sua renda passiva paga suas contas. Isso, com o tempo, vira uma bola de neve e mesmo que vc não rentabilize em 1% seu patrimônio, se os proventos pagarem suas contas não interessa mais o percentual. Claro, a meta tbm é ter um X de percentual, mas você ficará mais tranquilo.

      Excluir
  8. Boa tarde.
    Antes de mais nada, parabéns pelo blog e pelos patrimônios.

    Vejo que só pessoas experientes e bem informadas frequentam blogs como o seu. Meu caso é o seguinte, sou mais do que iniciante nesse mundo dos investimentos e, embora tenha facilidade de assimilação e rápido aprendizado, vejo que quando se trata desse assunto nem o mais experiente dos investidores pode estar certo, além de que isso não é brincadeira e nem um jogo.
    Hoje, com 22 anos e vindo de uma família humilde e honesta, conto com um total de R$ 30 mil reais em conta poupança mais do que suados, pois graças ao meu esforço e dedicação aos estudos consegui um emprego em uma das indústrias de refino de petróleo e gás da Petrobras.
    Pensando em investir integralmente, como e qual seria a melhor maneira de eu começar investindo esse dinheiro? Levando o mundo dos investimentos a sério, é possível atingir 1 milhão de reais antes dos meus 30 anos? Veja bem, não se trata de ambição propriamente dita, trata-se de empreendedorismo, eu poderia muito bem comprar um carro excelente para me exibir por exemplo, mas prefiro semear e abrir mão de todo e qualquer luxo agora (o qual nunca tive em abundância de qualquer forma) para colher uma vida confortável e financeiramente autossustentável daqui alguns anos, no menor tempo possível.
    Recomenda também algum tipo específico de curso, ensino superior ou autodisciplina para dominar esse tipo de mercado com mais precisão?

    Desde já, obrigado e sucesso!

    P.s Heavy Metal é TUDO de bom! ;)

    ResponderExcluir
  9. Olá HM, voce sumiu!!! Não some não, já deu essas suas ferias rsrsrsrsrsr Sentimos a falta das suas dicas, visão! Aparece ae parceiro!

    Abraços
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fernanda! Voltei é em breve volto a postar.

      Excluir

Conto com a boa educação e colaboração de todos!

Comentários ofensivos ou comunistas / socialistas / petistas - entre outras merdas - não serão publicados.